ABORDAGEM ATIVA: FORMAÇÃO DE HERÓIS NO COMBATE A CISTICERCOSE E A TENÍASE



André Ribeiro Alexandre¹ andre0ribeiro2@gmail.com

Anna Andrade Barbosa¹ annamandrade@icloud.com

Caio Bruno Andrade Nascimento¹ caiobrunoan@gmail.com

Fábio Dias Alves¹ fabioalves172010@gmail.com

João Gabriel Calabresi Faustino¹ joaogcfaustino@gmail.com

João Manoel Rodrigues de Freitas¹ rfjoaom@gmail.com

Marcelo Pádua Carvalho Pinto¹ marcelopadua@gmail.com

Samir de Paula Ortiz¹ samiir02@gmail.com

Victor Yuji Nishihara¹ yujinishihara96@gmail.com

Prof. Dr. José de Paula Silva² jose.silva@uemg.br



Discentes do Curso de Medicina da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)¹

Professor de Parasitologia do curso de Medicina da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)²



RESUMO

A cisticercose é uma parasitose que se revela no ser humano como consequência da presença do estágio larval da Taenia solium em suínos e humanos, enquanto a teníase ocorre devido à infecção pela forma adulta da Taenia saginata ou Taenia solium. O presente trabalho teve por objetivo apresentar, de forma lúdica, o conhecimento sobre as formas de prevenção primária dessas parasitoses para as crianças de uma escola pública da cidade de Passos. Para tanto, utilizou-se de um vídeo curto elucidativo, uma aula apresentando as doenças e formas de combate e, por fim, uma gincana interativa sobre os conhecimentos ali aprendidos. Por fim, a atividade de extensão proporcionou às crianças um esclarecimento acerca das doenças e as formas de preveni-las.

Palavras-chave: Teníase; Cisticercose; Atividade de Extensão; Educação Ambiental.



ABSTRACT

Cysticercosis is a disease that develops in humans as a consequence of the larval stage of Taenia solium in swine and humans, while teniasis occurs due to the infection by the adult form of Taenia saginata or Taenia solium. This work had the objective of presenting, in a playful way, the knowledge about the forms of primary prevention of these parasitoses for the children of a public school in the city of Passos. In order to do so, it was used an instructive video, a lecture presenting the diseases and forms of combat and a question and answer game about the knowledge learned there. Finally, the extension activity provided the children with an understanding of the diseases and ways of preventing them.

Keywords: Teniasis; Cysticercosis; Extension Activity; environmental education



INTRODUÇÃO

A teníase é uma parasitose que se manifesta no ser humano como consequência da presença da forma adulta da Taenia saginata ou Taenia solium, enquanto a cisticercose ocorre devido à infecção pelo estágio larval da Taenia solium em suínos e humanos (IASBIK, 2010).

O complexo teníase-cisticercose é conhecido desde a Antiguidade, e por muito tempo foi atribuído a agentes completamente diferentes; sendo as espécies nominadas por Linnaeus somente em 1758. Esses parasitas da família Taenidae, são os cestódeos mais frequentemente encontrados parasitando humanos e estão intimamente relacionados à realidade acerca dos locais de habitação, prevalecendo em áreas de saneamento precário, baixo desenvolvimento socioeconômico e cultural (NEVES et al., 2005).

Associado a estes fatores, em países menos desenvolvidos, onde a prevalência do complexo parasitológico é alta, o diagnóstico das parasitoses encontra-se dificultado por apresentar muitas manifestações consideradas gerais ou inespecíficas (relacionadas ao aparelho digestivo e sistema nervoso). Além disso, também há poucos métodos efetivos e avançados de detecção da doença nestes países, visto que não são todas as localidades de ocorrência da parasitose que possuem programas adequados de erradicação ou prevenção. No Brasil, por exemplo, observa-se que somente algumas localidades apresentam ações específicas contra o complexo, sendo esses: Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, além da cidade de Ribeirão Preto (SP) (NEVES et al., 2005).

Segundo TOLEDO e colaboradores (2018), o número de infectados no mundo por T. saginata e T. solium, respectivamente, já ultrapassa os 70 milhões e 2,5 milhões de pessoas, sendo esta taxa concentrada em países da África, Oriente Médio, América Latina e Ásia Central. Estes dados, por mais espantosos que sejam, podem ser ainda mais alarmantes, visto que em muitos locais a notificação dos agravos é negligenciada, mesmo nos casos do complexo em animais, onde a fiscalização é realizada somente em frigoríficos cadastrados, deixando de lado animais criados em pequenas propriedades ou para consumo próprio, os quais a chance de serem infectados ou possuírem os parasitos é muito maior pela falta de controle e cuidado rigoroso.

Em relação às parasitoses, a preocupação dos profissionais de saúde não gira em torno apenas dos males causados pela doença em si, mas também em torno dos agravos decorrentes, como anemias, sangramentos, obstruções intestinais, desnutrição, problemas neurológicos, entre outros que debilitam o indivíduo (FERNANDES, 2012). No contexto do desenvolvimento infantil, as parasitoses podem, ainda, influenciar negativamente e afetar o crescimento físico e a evolução educacional e psicomotora (BIOLCHINI, 2005).

Com elevada incidência de parasitas, a população infantil é a mais atingida (CARVALHO, 2006). Estimativas recentes mostram que 55% das crianças no Brasil apresentam infecção por enteroparasitas (PEDRAZA, 2014). Nas escolas, a situação pode agravar-se em razão da concentração de pessoas aliada ao baixo nível de educação sanitária em algumas instituições, o que contribui para a prevalência de algumas parasitoses, entre elas, a teníase e a cisticercose (SANTOS, 2016).



OBJETIVO GERAL

Visando manter unidos os princípios do ensino, extensão e a interdisciplinaridade dos conhecimentos, o projeto de extensão aqui relatado tem como finalidade trazer, de forma lúdica, o conhecimento sobre as formas de prevenção primária da teníase e da cisticercose, para as crianças cursando o quarto, quinto e sexto ano do ensino fundamental em uma escola pública da cidade de Passos.



OBJETIVOS ESPECÍFICOS

O seguinte projeto intervencionista tem como objetivos específicos:



MATERIAIS E MÉTODOS

Por caracterizar-se como projeto de extensão à comunidade, previamente escolheu-se a Escola Estadual Abraão Lincoln, localizada na Rua Aurora, 138, bairro Santa Bárbara, Passos – MG, CEP 37900-142; por conta dos alunos serem majoritariamente de comunidades economicamente frágeis e onde há maior probabilidade de ocorrência de casos do complexo teníase-cisticercose.

Em seguida, foi feito um planejamento do trabalho (anexo 1) e iniciou-se a produção do material audiovisual utilizado na intervenção, que tratava-se de um curto vídeo elucidativo com a presença de três personagens: dois heróis e uma repórter. Além disso, foram formuladas algumas perguntas em formato de Verdadeiro ou Falso, que seriam utilizadas na gincana realizada após a apresentação do vídeo.

Durante a produção do conteúdo audiovisual, foi utilizado um cenário da casa de um integrante do grupo; a câmera do smartphone de um dos membros; um aplicativo adequado de edição; e um figurino previamente alugado para cada um dos personagens (Imagem 1).

Imagem 1: Alunos devidamente caracterizados para elaboração do material áudio-visual.

Primeiramente houve uma breve aula utilizando-se slides sobre teníase e cisticercose com conteúdo e linguagem apropriados para a faixa etária. Após a apresentação e respondidas as perguntas das crianças, o vídeo foi reproduzido na televisão do auditório e pode-se notar grande interesse do público-alvo.

Finalizada as apresentações, deu-se início a gincana interativa (Imagem 2) abordando a teníase-cisticercose. Nesse momento eram escolhidos alguns alunos de cada grupo, previamente separados pela disposição de seus assentos, e estes, com as mãos na orelha, após um sinal sonoro, deveriam bater no botão da máquina, ascendendo a luz da mesma. O primeiro a ascender a luz ganhava o direito de responder uma das perguntas descritas na Tabela 1, conforme as regras dispostas na Tabela 2. As perguntas contam com a simples resposta de verdadeiro ou falso, mas, ao responder corretamente, os alunos são indagados a dizer por que aquela resposta está certa, a fim de verificar a fixação do conteúdo, corrigindo caso se mostre necessário. Cada aluno que acertou a questão ganhou um brinde, o qual na primeira visita foi uma barra de chocolate e na segunda, uma trufa de chocolate.

Imagem 2: Alunos participantes da gincana interativa, preparados para bater no botão da máquina do jogo “Passa ou Repassa”.



Tabela 1: Sequência de perguntas utilizadas na gincana.