A natureza universal sustenta a vida de todos os seres. (Dalai Lama)
ISSN 1678-0701 · Volume XX, Número 76 · Setembro-Novembro/2021
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(8) Notícias(7) Reflexão(4) Para sensibilizar(1) Arte e ambiente(1) Sugestões bibliográficas(2) Educação(1) Ações e projetos inspiradores(2) Cidadania Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Do Linear ao Complexo(1) Relatos de Experiências(9)   |  Números  
Relatos de Experiências
18/08/2021 (Nº 76) (RE)CONHECENDO AS RESERVAS NATURAIS DE VITÓRIA DA CONQUISTA – BA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=4203 
  

(RE)CONHECENDO AS RESERVAS NATURAIS DE VITÓRIA DA CONQUISTA – BA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA*



Mauricio de Oliveira Silva1

Quênia Batista de Oliveira2

Cláudio Oliveira de Carvalho3



1 Doutorando em Agroecologia e Desenvolvimento Territorial pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), mestre em Ciências Ambientais pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). *Texto apresentado no CONEDU 2017. m.osilva@hotmail.com

2 Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

3 Professor pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).



RESUMO: Este presente trabalho tem como proposta reconhecer a existência de Unidades de Conservação (UCs) em Vitória da Conquista - BA, interligar os conhecimentos teóricos da Educação e Direito Ambiental aplicados ao ambiente urbano e promover conscientização do tema em uma escola do município através de uma aula e uma panfletagem a fim de divulgar a uma comunidade escolar sobre as questões ambientais locais, além de promover uma reflexão sobre o pertencimento ambiental. A atividade didática foi importante porque fez à ligação dos acadêmicos com a população e levou informações sobre Educação Ambiental a comunidade escolar participante, com perspectivas ambientais, antropológicas, políticas e sociais motivando compreender o meio ambiente como mantenedor das populações humanas e não humanas a fim de proporcionar uma importante reflexão sobre a prática socioambiental.

Palavras-chave: Educação Ambiental, Unidades de Conservação, Vitória da Conquista.



ABSTRACT: This work aims to recognize the existence of Conservation Units (UCs) in Vitória da Conquista - BA, to link the theoretical knowledge of Education and Environmental Law applied to the urban environment and to promote awareness of the theme in a city school through a class and leafleting in order to disseminate to a school community about local environmental issues, in addition to promoting a reflection on environmental belonging. The didactic activity was important because it connected academics with the population and brought information about Environmental Education to the participating school community, with environmental, anthropological, political and social perspectives motivating to understand the environment as a maintainer of human and non-human populations in order to provide an important reflection on socio-environmental practice.

Key-words: Environmental Education, Conservation Units, Vitória da Conquista



INTRODUÇÃO

Este relato é referente às visitas as Unidades de Conservação de Vitória da Conquista e de uma atividade de promoção e conscientização ambiental proposta pela disciplina Direito Ambiental e Ecologia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), as visitas foram feitas na Serra do Periperi, Reserva do Poço Escuro e Lagoa das Bateias. A atividade desenvolvida pelos acadêmicos da disciplina foi uma aula e distribuição de panfletos com temática ambiental no Centro Educacional de Educação Profissional em Saúde Adélia Teixeira (CEEPS-AT), Vitória da Conquista – BA.

No Brasil, o emergente Direito Ambiental estabelece novas diretrizes de conduta, fundamentadas na Política Nacional do Meio Ambiente (Lei 6.938, de 31/8/81, BRASIL, 1981). "Esse código estabelece definições claras para o meio ambiente, qualifica as ações dos agentes modificadores e provê mecanismos para assegurar a proteção ambiental" (MAGALHÃES, 2015).

Vitória da Conquista é a terceira maior cidade do estado da Bahia. O Cristo Crucificado da Serra do Periperi, de Mário Cravo, é uma das principais atrações da cidade. Executado entre os anos de 1980 e 1983 mostra as feições do homem sertanejo, sofrido e esfomeado, medindo 15 metros de altura por 12 de largura.

A cidade abriga essas três áreas de conservação, foco desse estudo, a Reserva Florestal do Poço Escuro que integra o Parque Municipal da Serra do Periperi e a Lagoa das Bateias. Além dessas, existem as Unidades de Conservação da Lagoa da Jurema e o Parque Ambiental do Rio Verruga. Sendo assim, a comunidade acadêmica não deve estar longe das questões ambientais, pelo contrário deve estar junto à população levando as informações e promovendo a educação ambiental.

O objetivo deste relato é apresentar uma visão dos acadêmicos sobre as atividades desenvolvidas, explanar e discutir a temática ambiental no município.

As atividades desenvolvidas justificam-se pela inclusão dos acadêmicos no universo da discussão, conscientização, preservação e conservação ambiental, a fim de incentivar a visão crítica, ética, moral e do direito perante as questões ambientais, além de fomentar atividades e atitudes que buscam a melhoria do meio ambiente para todos e todas.

METODOLOGIA

Após aulas de Direito Ambiental e Ecologia na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia- UESB, os alunos da disciplina foram levados a duas aulas de campo nas unidades de conservação de Vitória da Conquista, sendo elas a Serra do Periperi, o Poço Escuro e a Lagoa das Bateias, após estas visitas o professor da disciplina instruiu sobre a realização de uma atividade livre de conscientização que promovesse os assuntos debatidos em sala de aula com a comunidade conquistense.

Foi montada uma aula sobre direito ambiental e as reservas naturais de Vitória da Conquista, juntamente com 200 folders (Figuras 1 e 2) de mesmo tema que foram distribuídos para uma comunidade escolar do Centro Estadual de Educação Profissional em Saúde Adélia Teixeira (CEEPS - Adélia Teixeira), a aula foi ministrada para uma turma de 2º ano do curso Técnico em Nutrição, utilizando slides e um vídeo intitulado "O planeta Terra é você" disponível no Youtube. A aula e os folders tiveram como objetivo a conscientização, divulgação e informação sobre direito ambiental a comunidade escolar da instituição.