A natureza universal sustenta a vida de todos os seres. (Dalai Lama)
ISSN 1678-0701 · Volume XX, Número 76 · Setembro-Novembro/2021
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(8) Notícias(7) Reflexão(4) Para sensibilizar(1) Arte e ambiente(1) Sugestões bibliográficas(2) Educação(1) Ações e projetos inspiradores(2) Cidadania Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Do Linear ao Complexo(1) Relatos de Experiências(9)   |  Números  
O Eco das Vozes
08/06/2021 (Nº 75) RELATO DE EXPERIÊNCIA DE MEDITAÇÃO NAS AULAS ONLINE NO GOOGLE MEET, DURANTE A PANDEMIA, NAS TURMAS DE 3º E 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO - RS
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=4127 
  

RELATO DE EXPERIÊNCIA DE MEDITAÇÃO NAS AULAS ONLINE NO GOOGLE MEET, DURANTE A PANDEMIA, NAS TURMAS DE 3º E  4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO - RS

  Adriana Backes

Imagem da página 18 do ebook: A história do Ostra e da Borboleta. O coronavírus e eu de Ana M. Gomez, 2020.

No início deste ano letivo de 2021, estávamos na expectativa e preparativos para que a aula voltasse a ser presencial, depois de um ano ausente da escola física. E alguns dias antes, no final de semana anterior - a semana que iríamos a escola para os preparativos para receber as nossas crianças - devido a bandeira preta em nosso Estado, foi anunciado que o ensino iria permanecer remoto, sendo que as aulas ocorreriam diariamente no Meet, além dos atendimentos remotos por Classroom e whatsApp. A frustração gerada nas crianças, que já estavam vibrando por poderem voltar à escola física, rever colegas, professores e até a sala de aula, foi grande, fato que foi relatado por eles mesmos, posteriormente, na aula online.

Para os adultos, pais, responsáveis, professores, gestores, havia os mais variados sentimentos, pois ao mesmo tempo em que havia  um desejo enorme, para se voltar a aula presencial, sempre há a questão de que essa volta ocorra de forma que seja segura. Não podemos esquecer que ainda estamos vivenciando a pandemia. Em nosso país, diariamente,  há muitas vítimas fatais da Covid-19. E ela também atingiu a nossa comunidade escolar.

Agregado a todos esses sentimentos, seria a minha primeira experiência em aulas online, ao vivo, com estudantes de 3º e 4º ano, do Ensino Fundamental - crianças em torno de 8 e 9 anos. Eu estava há muito tempo fora de sala de aula, dedicando-me a Projetos de Artes e de Educação Ambiental, inclusive no Parcão (uma Unidade de Conservação da nossa cidade). E agora, num momento em que as escolas estavam precisando de reforços, devido à situação de um aumento de  ausências e faltas deflagradas pela Covid, eu voltaria com aulas online. Como seria? Eu daria conta? Eu saberia ensinar crianças nessas plataformas? Como seria dar aula nesse turbilhão de sentimentos, tantos meus, quanto dos meus alunos, suas famílias?

Com muitas dúvidas, incertezas e expectativas, planejei a minha aula inaugural, sendo que, pela primeira vez, receberia virtualmente crianças que eu não conhecia, na minha casa, e eu entraria na casa delas. Não haveria a recepção olho no olho, um sorriso para cada criança, o contato com as famílias, as famosas rodinhas de conversas e brincadeiras que fazemos para recebê-los, e nem o abraço na saída do primeiro dia.

Apesar de todo o apoio, parceria e assessoria da equipe diretiva e da professora do Laboratório de Informática, a quem sou muito agradecida, dias antes do início das aulas, a ansiedade era gigantesca.

Então, planejamento nas mãos,10 minutos antes de entrar na reunião do Meet, sentei em frente ao computador, coloquei uma música suave e comecei a me concentrar na minha respiração: Inspira, expira, buscando manter a calma para esse momento, em que teria em torno de 30 crianças para atender.

Amo ser professora! Amo ver o olhinho brilhando e o sorriso festivo, das crianças, quando conhecem algo , quando se dão conta que aprenderam algo novo, quando se sentem envolvidos e felizes com o momento que foi oportunizado a elas, quando são protagonistas e estão vivendo as suas histórias. Então, foi uma alegria revê-los e pensar que queria buscar esses momentos e sentimentos, na trajetória das aulas que se seguiriam.

Mas, também senti suas emoções e ansiedade. Não queriam mais parar de falar. E falavam também sobre os altos e baixos de se estar em casa, perto da família, mas longe da escola, dos amiguinhos, das professoras. Relataram, também, sobre casos de Covid em familiares, amigos da família ou conhecidos.

E as aulas foram seguindo neste ritmo, eu com meu ritual de respiração antes do início da aula, e eles com sua ansiedade. Então, decidi que faria com eles também, durante a aula no Meet, com o apoio de vídeos específicos para relaxamento com imagens e sons da natureza. Diante de tantos estudos a respeito dos benefícios da meditação e da respiração para as crianças, achei que o momento era muito propício para vivenciarmos essa experiência, como também tenho formação em Chi Kung e Tai Chi Chuan Terapêuticos, teria mais um suporte para essas vivências com as crianças.

Tomada a decisão, acaba caindo nas minhas mãos nas minhas mãos o PDF do Livro: A história da Ostra e da Borboleta, o Coronavírus e Eu (2020), da autora Ana M. Gomez, que estava sendo disponibilizado gratuitamente, em função da pandemia. Esse livro encantador, voltado às crianças, escrito por uma psicoterapeuta, trata justamente de como lidar com as nossas emoções durante a pandemia, usando os nossos poderes internos, sendo que a  respiração tem o poder de acalmar mentes, corações e corpos.

E começamos a atividade de respiração pelo Meet de vídeos, do YouTube, com imagem e sons da natureza. Em seguida, usei vídeos que eu mesma havia gravado sobre a natureza do Parcão da nossa cidade: o nascer do sol e a revoada de pássaros; os ventos que embalam as árvores; o som das águas dos arroios do Parcão e do arroio que percorre o nosso bairro. Também ouvimos sons de flautas indígenas na floresta, assistimos a vídeos com músicas e imagens do universo, imaginando estar no seu lugar preferido, através da meditação - com a energia e o colorido do arco-íris.

No final de cada meditação, eu os orientava para que guardassem no coração os bons sentimentos que tínhamos vivido e sentido, e os convidava a enviar e compartilhar esses sentimentos para todo o Planeta, desejando que todas as pessoas e seres vivos se sentissem livres, leves, tranquilos e saudáveis.

Foi lindo de ver a concentração e o envolvimento de muitos deles. Alguns, talvez, pela timidez da família estar junto em casa, não se envolveram, mas respeitaram o momento.

Após a meditação, os alunos foram convidados a postar no chat, quem quisesse, bem livre, como se sentiram durante a atividade. Tiveram relatos de sono, tranquilidade, calmaria, relaxamento, encontro com Deus, e até a expressão “me senti normal”, o que mostra que  tiveram total liberdade para descrever o que sentiram e o que não sentiram. Também deixei no relato as onomatopéias (zzzz) e os emoticons utilizados pelas crianças. E algumas delas escreveram mais de uma vez, por isso, alguns números de identificação se repetem nos relatos que seguem no final deste artigo.

Penso ser importante ressaltar que diante desses momentos tão inseguros e complexos que estamos vivendo, a meditação e a respiração podem não ter o poder de pôr fim a todas as nossas angústias, inquietações e ansiedades e que, às vezes, precisamos – inclusive - de ajuda de profissionais da saúde mental, como psicólogos ou psiquiatras. Mas, acredito que durante a aula, a turma teve momentos nos quais se sentirem acolhidos, leves, tranquilos, e também empatia para com todos, quando imaginávamos que essa mesma leveza, tranquilidade que sentimos, estávamos enviando para as nossas famílias, para o nosso bairro, cidade, país e para as pessoas do mundo inteiro!

Finalizando esse relato quero deixar dito aqui, sem me aprofundar neste momento, nestes temas, que essas atividades também foram inspiradas no Movimento Criança e Natureza e nos estudos que tenho feito sobre a ecologia integral.

Neste momento de ficar em casa, uma das formas encontradas para nos conectarmos com a natureza é através de vídeos que nos proporcionaram um contato, mesmo que virtual, com imagens e sons que nos remetem a ela. Essas atividades se relacionam com a ecologia profunda, quando trata de cuidamos da nossa primeira casa: nosso corpo, emoções, sentimentos e espiritualidade:

A palavra ecologia tem origem grega, sendo que "oikos" significa casa e "logos", estudo ou reflexão. Ecologia é, então, o estudo e a reflexão sobre a casa. E como explica a diretora e fundadora do Centro de Ecologia Integral, Ana Maria Vidigal Ribeiro, "como são múltiplas as 'casas' que habitamos! Temos a nossa casa como ser humano, o nosso corpo, emoções, pensamentos, espiritualidade, que nos leva a ficar atentos à ecologia pessoal. Temos a casa do outro, dos nossos relacionamentos, da nossa cultura, da sociedade em que vivemos e da grande comunidade de todos os seres humanos que habitam o planeta, daí resultando a atenção pela ecologia social. Finalmente, como espécie, temos uma casa em comum. O planeta terra, com toda a sua diversidade, água, ar, minerais, vegetais, animais, que nos acolhe e sustenta a vida de todos os seres que nele habitam, gerando a ecologia ambiental. E estas três dimensões não se separam. Formam elos de ligação profundos e interdependentes." A ecologia integral junta novamente, na mente humana, dimensões que nunca poderiam ter sido separadas: o ser humano, a sociedade e a natureza, ressalta Ana Maria.

( https://www.ecologiaintegral.org.br/ecologia02.htm) . 

Relatos do Chat do Google Meet durante a aula. A pergunta sempre era a mesma.

Como vocês se sentiram com a meditação de hoje?

Dia 22/04/21

Meditação do Nascer do Sol

Criança 1: me senti muito bem

Criança 2: o vídeo foi muito bom

Criança 3: eu me senti bem, é muito bom meditar.

Criança 4: eu me senti muito bem e relaxada, muito bom com o incenso.

Crianças 5: me senti relaxada

Criança 6 : feliz

Criança 7: me senti muito bem quase dormi

Criança 8: me senti muito bem

Professora auxiliar: Me senti bem tranquila! Foi muito bom!

Criança 9: Muito linda

aaaaaaaaáaaaaaaaaaaaaai eu amei😍😍😍😍😍

Criança 3: quase dormi

Criança 7: Também quase dormi

Criança 8: até a prof (profe auxiliar gostou, ele verbalizou )

Criança 10: foi bom

Criança 3: Sim

Criança 11 : quase dormi

criança 2: Viu até a prof cris gostou do vídeo

Criança 12: me senti calma relaxada e mandei a alegria o amor para todos e a bondade.

Criança 8: Muito linda eu amei

Criança 4: eu amo meditar é muito mas muito bom

Criança 13: eu me senti uma ave

Criança 8: me senti calma relaxada e mandei a alegria o amor para todos e a bondade

Criança 3: Sim prof até a prof cris escreveu

Crianças 2: Foi muito bom

Meditação com flauta:

Criança 1: EU ME SENTI UMA PENA CAINDO

Criança 2: bom

Criança 3: bem

Criança 4 : Me senti alegre quase dormi

Criança 5: muito legal amei

Criança 4: Eu amei

Criança 6:Me senti totalmente ótima, muito bem

Criança 7: Muito bonito

Criança 8 : eu me senti muito bem, eu gostei bastante

Criança 5: muito legal, amei

Criança 9: bem legal adorei...

Criança 10: bem

Criança 1 : FOI MUITO BOM EU AMEI .

Criança 11 : Quase dormi e muito b…

Dia 26/04/21

Meditação das águas

Criança 1: sono

Criança 2: calma e leve

Criança 3: bem calmo

Criança 4: CALMA

Criança 5: bem e leve

Criança 6 bem e leve

Criança 7: PAZ, ALEGRIA, UMA VISÃO MELHOR

Criança 8: Eu me senti calma e leve (^._.^)

Criança 9: Feliz

Dia 05/05/21

Meditação do espaço (Turma 1)

Criança 1: Eu me senti com Deus

Criança 2: sem palavras

Criança 3: bom

Criança 4: me senti muito bem

Criança 5: me senti muito relaxada e calma amei

Criança 6: me senti muito bem

Criança 7: Eu me senti com Deus e a minha mãe

Criança 8: é lindo, amei

Criança 9:é bom, muito bom, é bonitinho

Criança 10: olha só prof eu fiquei calma quase nunca fico calma

Criança 11: Flutuando no espaço 🤤🤤😴

Criança 12: Eu me senti: alegre calma quase dormi as imagem é tão lindas e a musicas de todas meditação da vontade de dormir é tão bom

Criança 13:

Me senti muito relaxante 😌😌😌🚀🌌🌑

Criança 14 : Bom

Criança 15: sem palavras

Criança 16: imagens lindas amei queria estar lá e ver esse mundo maravilhoso

Criança 17: me senti voando que nem uma borboleta e muito relaxada e calma

Criança 18: EU ME SENTI MUITO BEM E RELACHADA COM DEUS🙏🙏🙏🙏🙏🙏❤❤❤💛💖

Criança 19: com essa meditação me senti muito alegre

Criança 20: Eu me senti feliz alegre e muito bem e bem relaxado e flutuando no espaço 

Criança 12: E também me senti relaxada imagens linda a eu quase dormi com a música e imagens

Criança 21:Eu me senti como êxtase no lado de Deus😇🙏👼

Meditação no espaço (Turma 2)

Criança 1: legal

Criança 2: muito bunito

Criança 3: Sim

Criança 4:legal

Criança 5: Criança :Sim

Criança 3: Senti sono

Criança 6 :ERA MUITO LINDO

Criança 7: calma tranquila

Criança 8̣:SENTI CALMA

Criança 9: me senti à deriva no espaço

Criança 10: Eu achei maravilhosooooooooooooooo sim

Criança 11 : Achei legal😄(✿◡‿◡)

Criança 12:CALMO

Criança 13: Muito bom, muito lindo

Criança 14: eu achei muito lindas as imagens da meditação e me senti flutuando

Dia 06/05/2021

Turma 1

Meditação do Arco íris

Criança 1: Sonoooooooo demaisssss

Criança 2: vdd

Criança 3: eu dormi

Criança 4: Calmo demais

 😌😌😌😌😌😌😌😌😌😌😌😌😌😌😌😌😌

Criança 5: z

Criança 6: muito bom

Criança 7: me senti com deus e jesus e senti meu coração leve

Criança 8: bem demais

Criança 9: bem paz amor

Criança 10: Feliz

Criança 11: sonhei que estava  em volta do Arco Íris e me senti  bem

Criança 12: Bme senti muito bem quase dormi kkkk

Criança 13:

eu dormiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii pro

Criança 14: Eu me senti bem

Criança 15: Eu me senti: relaxada, calma..

Criança 16 : Eu amei o Arco-iris

Criança 17: Bem

Criança 18 me senti flutuando como uma borboleta e me senti muito relaxada e calma

Criança 19: feliz

Criança 20 : é muito bom 😊😊💖

Criança 21: Eu tava nas nuvens eu eu tava andando no arco-íris

Criança 4: 

😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴

Criança 21: eu me senti nas nuvens e lá em cima vendo aquele arco iris amei quase dormi com essa música calma

Criança 22: Eu também

Criança 23: EU  DORMI MUITO BOM

 💖🙏🙏🙏🙏 AMEI 💖🙏💖💖

Criança 24; Eu me senti feliz, alegre, com sono bem relaxado e bem calmo...E eu fiquei em meia fase. por q eu ficava naquela entre dorme ou não dorme!!!! Mas optei em só escutar e relaxar..

Criança 25: eu me senti leve e muito alegre andando nas nuvens

Criança 4: É muito bom quando o arco íris aparece me sinto com deus e Jesus 😌😇😄

Criança 23:😴😴😴😴😴

Criança 26: Eu me senti alegre, calma, relaxada e eu também dormi… Ouvir os sons dos passarinhos é muito bomm....

Amei o arco iris😍😍

Meditação do Arco-Íris (Turma 2)

Criança 1 : foi boa me acalma

Criança 2 : muito relaxante

Criança 3 : Grande

Criança 4 : Foi bem calma

Criança 5: bem legal

Criança 6: me senti muito calma relaxada e tranquila

Criança 7: respirável

Criança 8: FOI LEGAL

Criança 9: calma

Criança 10: fiquei calma

Criança 11: Bem legal

Criança 12: achei muito bizarro pq s

Criança 13: MUITO BOA ME SENTI LEVE MUITO LEVE  FIQUEI COM SONO



Referências:

https://www.ecologiaintegral.org.br/ecologia02.htm

http://educacao.sorocaba.sp.gov.br/wp-content/uploads/2020/04/a-historia-da-ostra-e-da-borboleta-o-coronavirus-e-eu-ana-m-gomez.pdf



Ilustrações: Silvana Santos