Renunciar ao supérfluo coloca ainda mais em evidência o necessário e o indispensável. - Pierre Rabhi
ISSN 1678-0701 · Volume XXI, Número 81 · Dezembro-Fevereiro 2022/2023
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(4) Dicas e Curiosidades(3) Reflexão(6) Para sensibilizar(2) Dinâmicas e recursos pedagógicos(2) Dúvidas(1) Entrevistas(1) Saber do Fazer(1) Arte e ambiente(1) Divulgação de Eventos(9) O que fazer para melhorar o meio ambiente(1) Sugestões bibliográficas(2) Educação(1) Você sabia que...(1) Plantas medicinais(3) Folclore(1) Ações e projetos inspiradores(3) Gestão Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Do Linear ao Complexo(1) A Natureza Inspira(1) Notícias(16)   |  Números  
Ações e projetos inspiradores
14/12/2022 (Nº 81) PROJETO DE HORTAS INFANTIS PROMOVE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM ESCOLAS DE PIRACICABA
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=4418 
  

PROJETO DE HORTAS INFANTIS PROMOVE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM ESCOLAS DE PIRACICABA

Iniciativa da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz fornece equipamentos e explica como fazer a instalação de hortas a serem utilizadas pela comunidade escolar e seu entorno

Por Jornal da USP



Projeto da Esalq auxilia escolas na instalação de hortas — Foto: Denise Guimarães / Esalq

Uma iniciativa de professores, alunos e funcionários do Campus Luiz de Queiroz, da USP em Piracicaba, tem auxiliado escolas públicas da região a trabalhar a educação ambiental nos primeiros anos escolares. O projeto Hortas Infantis começou a enviar, na primeira quinzena de setembro, equipamentos para a instalação de hortas a serem utilizadas pela comunidade escolar e seu entorno.

Essa iniciativa nasceu com o objetivo de promover a disseminação de hortas gerenciadas por funcionários e pais de crianças atendidas pelas unidades municipais de educação infantil no município de Piracicaba”, conta o professor Luiz Carlos Estraviz Rodriguez, do Departamento de Ciências Florestais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), um dos líderes do projeto.

Desde o primeiro semestre deste ano, a equipe da Esalq esteve envolvida na confecção de kits de marcenaria, produção de cantoneiras de concreto e preparo de substrato. Esse material resultou em kits recicláveis, replicáveis e padronizados para montagem de canteiros, pergolados, composteiras, banquinhos e mesas a partir de madeiras reaproveitadas e recicláveis coletadas pelos serviços de limpeza municipais e do campus da USP em Piracicaba.

Com a finalização desta etapa, o próximo passo é a instalação desses equipamentos em dez instituições de ensino da rede municipal de Piracicaba. A equipe da USP e profissionais da Secretaria Municipal de Educação (SME) já estiveram na Escola Municipal Olívia de Almeida Carvalho Feres, localizada no Jardim Pombeva, zona leste de Piracicaba. Ela atende 312 crianças de até 5 anos e, em 2022, o tema do seu Projeto Pedagógico Anual é Explorando e Descobrindo Nosso Quintal.

Essa ação possibilita que nossas crianças tenham contato direto com o meio ambiente e tomem consciência de que nossos alimentos nascem da terra”, celebra a diretora da escola, a professora e bióloga Cassia Lina Mota Mecenas Souza. “A instalação da horta está alinhada ao nosso projeto anual e, portanto, conseguimos assim melhorar ainda mais a qualidade no atendimento às crianças e às famílias”, complementa a diretora.

Fomento a iniciativas de cultura e extensão

O Hortas Infantis nasceu dentro do projeto Conhecendo e Cultivando Plantas na Primeira Infância: Uma aproximação ambiental na educação infantil, com o apoio do 7º Edital USP/Fusp/Santander de fomento a iniciativas de cultura e extensão e do edital de inclusão social e diversidade na USP e em municípios de seus campi. Também participa da coordenação do projeto a professora Adriana Pinheiro Martinelli, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da USP, além de três coordenadores associados e sete bolsistas.

A rede municipal de ensino de Piracicaba conta com 124 escolas e atende 37 mil estudantes. Kelly Monaco Coletti, assessora de Projetos de Educação Ambiental do Grupo Multidisciplinar de Educação Ambiental da SME de Piracicaba, revelou seu entusiasmo nessa parceria com a Esalq. “É uma ação que aproxima e favorece a rede municipal, auxilia na formação dos estudantes da Esalq e pode, quem sabe, estimular outras iniciativas que venham fortalecer a qualidade do ensino em Piracicaba. Temos muitos desafios pedagógicos, mas em iniciativas como esta percebemos que os resultados poderão chegar até as famílias, que quem sabe deverão fazer uso daquilo que essa horta vier a oferecer logo mais.”

Para a assessora especial de Projetos da SME, Sueli Fonseca Alves, projetos como este melhoram a percepção da presença da USP no município. “É um privilégio termos a Esalq na nossa cidade, que em iniciativas como esta beneficia a rede de ensino municipal. Esse projeto certamente deixa as portas abertas para outras possibilidades de parceria na qual todos saímos ganhando”, finaliza.

Para saber mais sobre o projeto Hortas Infantis clique aqui.

Texto adaptado de Caio Albuquerque, Divisão de Comunicação da Esalq



Fonte: https://umsoplaneta.globo.com/sociedade/noticia/2022/09/25/projeto-de-hortas-infantis-promove-educacao-ambiental-em-escolas-de-piracicaba.ghtml

Ilustrações: Silvana Santos