A responsabilidade social e a preservação ambiental significa um compromisso com a vida. - João Bosco da Silva
ISSN 1678-0701 · Volume XXI, Número 85 · Dezembro-Fevereiro 2023/2024
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(1) Dicas e Curiosidades(1) Reflexão(9) Para Sensibilizar(2) Dinâmicas e Recursos Pedagógicos(2) Entrevistas(1) Arte e Ambiente(1) Divulgação de Eventos(13) O que fazer para melhorar o meio ambiente(3) Sugestões bibliográficas(3) Educação(1) Você sabia que...(4) Reportagem(2) Educação e temas emergentes(1) Ações e projetos inspiradores(14) Cidadania Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Relatos de Experiências(2) Notícias(17)   |  Números  
Sugestões bibliográficas
15/12/2023 (Nº 85) LIVRO DE PASSATEMPOS ENSINA CIÊNCIA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL A CRIANÇAS
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=4657 
  

LIVRO DE PASSATEMPOS ENSINA CIÊNCIA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL A CRIANÇAS

dezembro 4, 2023

Por Aline Fernandes

Extensão e Cultura

O projeto de extensão “Educação Ambiental: um caminho para a sustentabilidade” lança, nesta segunda-feira (4), o segundo volume do livro de passatempos da série “Brincando e Aprendendo sobre o meio ambiente”. Elaborado de forma lúdica e pedagógica, o material é disponibilizado gratuitamente em versão on-line e proporciona uma reflexão de questões ambientais para manutenção da atual e futuras gerações,  incentivando a mudança de hábitos diários (clique aqui para acessar).

Acreditamos que a educação ambiental, quando realizada desde a infância, pode promover a adoção de costumes e valores, na criança, em relação a forma de ser e estar na Terra, resultando em uma postura ecologicamente correta e o desenvolvimento de uma consciência ambiental crítica”, destaca uma das idealizadoras do livro, professora do Departamento de Química e coordenadora do projeto de extensão, Gláucia Pantano.

O segundo volume do livro de divulgação científica sobre meio ambiente traz, além das propostas que já constam no volume I (labirinto, caça-palavras, palavras cruzadas e jogo dos sete erros), novidades como o passo-a-passo para a produção de uma casinha para guardar brinquedos, enigma, atividades de ligar os pontos, de descobrir a imagem e preencher lacunas.

A obra é voltada para estudantes do ensino fundamental e ainda inclui sugestões de disciplinas, temáticas e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que podem ser trabalhados por professores da educação básica em sala de aula. “O uso desse recurso desperta o interesse de aprender no aluno e promove a socialização. Por meio do uso de atividades lúdicas é possível envolver os alunos em suas especificidades e modificar o panorama de grande desmotivação encontrado nas salas de aulas”, ressalta Glaucia.

Também participaram do desenvolvimento do material os estudantes de graduação Ana Paula Horacio (Química), Maria Eduarda Cavali Vieira (Química) e Lucas Nicolas Assad (Física). A doutoranda do Programa de Pós-graduação em Química da UFPR, Amanda Ribeiro da Rocha, fez as ilustrações e a diagramação do material. A revisão ortográfica e gramatical foi realizada pela mestra Eliandra Francielli Bini Jaskiw.

O livro gratuito está disponível on-line no blog “Educação Ambiental: um caminho para a sustentabilidade”, leia aqui.

Sobre o projeto de extensão

O projeto de extensão “Educação Ambiental: um caminho para a sustentabilidade” atua na produção de conteúdo para internet, elaboração de materiais de conteúdo lúdico e pedagógico, confecção de jogos voltados para discussões sobre importantes temáticas ambientais. O grupo também promove oficinas, palestras e dinâmicas em escolas de ensino fundamental e médio.

A primeira fase do projeto foi realizada durante a pandemia de Covid-19, com atividades remotas. Nesta segunda etapa, o grupo tem como objetivos principais promover uma reflexão sobre problemas ambientais da atualidade e estimular a mudança de hábitos nocivos para o meio ambiente.

A educação ambiental é um dos caminhos para sensibilizar a sociedade quanto à importância de conservar o meio ambiente. A inserção em escolas e entidades não governamentais e, consequentemente na comunidade, é uma forma de promover a alfabetização ambiental tanto das crianças quanto dos adultos. É necessário sensibilizar a atual geração sobre importantes problemas ambientais da atualidade e sobre a escassez de recursos naturais essenciais para a manutenção da vida na Terra”,  destaca a coordenadora Glaucia.

As ações são voltadas para a promoção da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS), da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, por meio dos Objetivos de Aprendizagem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2 (Fome Zero e Agricultura Sustentável), 3 (Saúde e Bem-Estar), 4 (Educação de Qualidade), 6 (Água Potável e Saneamento), 7 (Energia Acessível e Limpa), 11 (Cidades e Comunidades Sustentáveis), 12 (Consumo e Produção Responsáveis), 13 (Ação Contra a Mudança Global do Clima), 14 (Vida na Água) e 15 (Vida Terrestre). 

Para mais informações sobre as ações e produtos do “Educação Ambiental: um caminho para a sustentabilidade – Parte 2”, acesse o Blog e a rede social do projeto.

Fonte: Livro de passatempos ensina ciência e educação ambiental a crianças - Universidade Federal do Paraná (ufpr.br)

Ilustrações: Silvana Santos