Não possuir algumas das coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade. (Russel)
ISSN 1678-0701
Número 58, Ano XV.
Dezembro-2016/Fevereiro-2017.
Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Contato      Números anteriores 
 
Número 58, Ano XV.
Dezembro-2016/Fevereiro-2017.
Apresentação

27/11/2016EDITORIAL DA 58ª EDIÇÃO DA REVISTA EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO
É com grande satisfação que apresentamos a nova publicação da Educação Ambiental em Ação e assim, mais uma vez fechamos o ano satisfeitos e empolgados! Já alcançamos mais de 9.300.000 pessoas, e os acessos não param de aumentar. Chegamos a receber, em um único dia, 26.279 visitantes, o que revela um grande interesse por aspectos teóricos, práticas e ações de Educação Ambiental, reforçando a nossa grande responsabilidade para com este trabalho.

02/06/2003Ficha Catalográfica

Normas de Publicação

06/06/2010Como colaborar - Normas de publicação na Educação Ambiental em Ação
Aos interessados em colaborar com esta publicação enviando contribuições, esclarecemos que a revista eletrônica Educação Ambiental em Ação nasceu a partir do Grupo de Educação Ambiental da Internet – GEAI, em 2002 [...]

Artigos

03/12/2016POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA SOCIEDADES SUSTENTÁVEIS– UMA ANÁLISE NO MUNICÍPIO DE CACOAL – RO
O presente estudo propôs analisar como alguns entes públicos e privados, que prestam serviços ao município de Cacoal – RO estão exercendo as políticas públicas de Educação Ambiental (EA), para a sustentabilidade local.

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL E CIDADANIA: PERCEPÇÃO DO MEIO AMBIENTE POR ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO DISTRITO FEDERAL
O artigo é fruto de uma pesquisa realizada em uma escola pública do DF, com alunos do ensino médio entre 14 e 19 anos. O objetivo foi avaliar a percepção dos estudantes frente ao meio ambiente e como a educação ambiental encontra-se inserida na vida de cada um deles, tanto na escola, como fora dela.

27/11/2016INOVAÇÕES DA ERA DIGITAL E SUA RELAÇÃO COM A DIVERSIDADE DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Esse trabalho visa explorar a diversidade das ferramentas tecnológicas para educação ambiental como forma de difusão de conhecimento para os diferentes tipos de pessoas, níveis educacionais e frente de estudos.[...]

27/11/2016EDUCAÇÃO TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NAS PERSPECTIVAS MULTI, TRANS E INTERDISCIPLINAR
Este trabalho tem como objetivo sensibilizar para reflexão e discussão a respeito da aprendizagem do Desenvolvimento Sustentável nas perspectivas multi, trans e interdisciplinar, tendo em vista o ensino na Educação Técnica de Nível Médio. Palavras-chave: Educação Técnica Nível Médio.Desenvolvimento Sustentável

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL E FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO MEIO EDUCACIONAL
O artigo trata da realização de uma das atividades realizada com professores graduandos que cursa pedagogia e com vinculo profissional na Escola Municipal Marta Nóbrega Rodrigues da Cidade de Malta, Paraíba.

27/11/2016INFLUÊNCIA DO POLIETILENOGLICOL NO POTENCIAL FISIOLÓGICO DE SEMENTES DE MELÃO
O objetivo deste trabalho foi verificar a qualidade fisiológica de sementes de melão sobre condições de estresse hídrico. A germinação e o vigor das sementes de melão foram afetados com o aumento dos potenciais hídricos, não havendo germinação das sementes quando submetidas a concentração de -0,8 MPa.

27/11/2016PESQUISA SOCIAL: REPRESENTAÇÕES E DISCURSOS NA (DES)CONSTRUÇÃO DOS SABERES SOBRE O COMBATE AO AEDES AEGYPTI NA ESCOLA
Esta pesquisa social trata das representações e discursos na (des)construção dos saberes sobre o combate ao Aedes Aegypti na escola. Realizamos, após projeto interdisciplinar, pesquisa de campo avaliativa de metodologia qualitativa, com estudantes do EF II.

27/11/2016PEQUI: BIOLOGIA FLORAL E DE FRUTO, FENOLOGIA E PRODUÇÃO
O este estudo objetiva relatar informações referentes a biologia floral e de fruto, fenologia reprodutiva e vegetativa, além de apresentar subsídios referente a produtividade dessa espécie, proposto por diversos autores.

27/11/2016EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA ALTERNATIVA PARA PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DE DOENÇAS ENDÊMICAS NO MUNICÍPIO DE SALVATERRA, MARAJÓ, PARÁ, BRASIL
O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma intervenção preventiva de educação em saúde com alunos do 7º ano do ensino fundamental de duas escolas no município de Salvaterra,Marajó, Pará, Brasil, tendo por base o índice de casos das doenças endêmicas dengue, leishmaniose visceral e mal de chagas na localidade

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO ESTRATÉGIA PARA ATUAÇÃO EM DESASTRES NATURAIS – ESTUDO DE CASO EM NOVO HAMBURGO/RS
O Programa Educação Ambiental (EA) para prevenção de danos, riscos e desastres ambientais da Feevale aplica a EA para a prevenção de desastres naturais. Atividades de diagnóstico dos locais de risco, levantamento de percepções, construção de ferramentas de EA e sensibilização ambiental são alguns resultados.

27/11/2016CAR – CADASTRO AMBIENTAL RURAL: A PERCEPÇÃO DOS AGRICULTORES DE UM MUNICÍPIO DO SUDOESTE DO PARANÁ
Este trabalho tem como objetivo analisar a percepção dos agricultores sobre a implementação do CAR, tendo em vista que esse novo instrumento de gestão ambiental busca promover o controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento em todo o território brasileiro.

27/11/2016CONCEPÇÃO DO ALUNO EJA ACERCA DAS TRANSFORMAÇÕES SOCIOAMBIENTAIS OCASIONADAS PELA IMPLANTAÇÃO DA UHE ESTREITO EM BABAÇULÂNDIA-TO
A gradativa expansão do setor elétrico no Brasil causa amplas alterações físicas e sociais para as populações impactadas. O estudo objetiva compreender a concepção do aluno EJA (Educação de Jovens e Adultos) acerca das transformações socioambientais decorrentes da implantação da UHE Estreito em Babaçulândia-TO.

27/11/2016A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O PAPEL DO EDUCADOR NA CULTURA DA SUSTENTABILIDADE
Este artigo fundamentou-se nos conceitos de Educação Ambiental e Sustentabilidade, buscando despertar a criticidade nos alunos da EMEF “Professora Maria Inês Della Valentina”. Para tanto, foi indispensável uma aproximação interdisciplinar, envolvendo a educação ambiental e a preservação do meio ambiente.

27/11/2016CASCA DO COCO VERDE: FONTE DE TANINO PARA CONTROLE DE COLIFORMES
A coleta da casca do coco, evita o descarte inadequado em vias públicas e reduz o volume deste resíduo sólido em lixões e aterros, tornando-se uma alternativa sustentável para coleta de biofármacos. A busca por novas formulações, para controle microbiano, pode amenizar a disseminação de infecções.

27/11/2016OS INSETOS AQUÁTICOS NA DIVULGAÇÃO E CONSERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE EM ESCOLAS DO ENSINO FUNDAMENTAL.
Realizado em escolas públicas, divulga a pesquisa cientifica nas series iniciais inserindo-os no meio cientifico compreendendo princípios da ecologia. Com recursos tecnológicos acessíveis a estudantes na conscientização dos alunos para a preservação ambiental e o uso dos insetos aquáticos nesse processo.

27/11/2016EXPLORAÇÃO E DEGRADAÇÃO DO MEIO AMBIENTE BRASILEIRO: BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE O CERRADO DA REGIÃO CENTRO-OESTE
Este artigo tem por objetivos discutir as transformações produzidas pelo sistema capitalista que alteraram sistematicamente o meio ambiente na sociedade brasileira contemporânea, bem como apontar os aspectos que contribuíram para a exploração e instalação do agronegócio no Cerrado brasileiro.

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO SUPERIOR DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO
Foi analisada a percepção e conduta de universitários de um curso superior de ciências biológicas do sertão do Ceará sobre o tema educação ambiental. Evidenciou-se que 95,0% apresentaram uma visão voltada à tendência tradicional, em que se limitam a um conceito resumido e simplista.

27/11/2016A INTERDISCIPLINARIDADE NOS PROCESSOS DE REMOÇÃO E REASSENTAMENTO: EXPERIÊNCIAS NO PROJETO MODERNIZAÇÃO
O presente artigo busca discutir como a interdisciplinaridade se apresenta como potencial no processo de remoção e reassentamento de famílias em áreas informais tomando como referência o Projeto Modernização, cuja implementação permite refletir acerca dos limites e possibilidades do trabalho interdisciplinar.

27/11/2016O PENSAMENTO COMPLEXO EM PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL INSERIDOS NO ÂMBITO DO LICENCIAMENTO.
Este artigo buscou identificar a presença de características relacionadas à Complexidade e ao Pensamento Complexo em Programa de Educação Ambiental protocolado junto a processo de licenciamento ambiental no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis no Estado do Rio Grande do Sul.

27/11/2016DIFICULDADES NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE BOTÂNICA E POSSÍVEIS ALTERNATIVAS PELAS ABORDAGENS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE
O ensino-aprendizagem de Botânica é marcado por aulas tradicionais e isto interfere na formação do cidadão relacionada ao estudo das plantas. Com o objetivo de estudar possíveis dificuldades de aprendizagem, foram aplicados questionários e foram sugeridas abordagens com Educação Ambiental e Sustentabilidade.

27/11/2016CONCEPÇÕES E PERSPECTIVAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO DE CASO COM GRADUANDOS DO CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS NATURAIS COM HABILITAÇÃO EM FÍSICA
Este estudo investigou as concepções e perspectivas acerca da Educação Ambiental de graduandos do Curso de Licenciatura em Ciências Naturais - Habilitação Física, utilizando como ferramenta questionários. Nota-se que embora presente a temática ambiental ainda precisa ser melhor trabalhada na educação superior.

27/11/2016UTILIZAÇÃO DE LIXO ELETRÔNICO PARA A PRODUÇÃO DE JOGOS E MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS
O artigo apresenta quatro materiais didáticos produzidos, a partir da reutilização de resíduos que seriam descartados no ambiente, contribuindo para a redução do impacto ambiental, devido à reutilização de lixo eletrônico, e a produção de material que pode ser utilizado no processo ensino-aprendizagem.

27/11/2016AVALIAÇÃO DO CORPO DOCENTE SOBRE O USO DA ENERGIA ELÉTRICA NO INSTITUTO FEDERAL DO PIAUÍ – CAMPUS TERESINA CENTRAL
O trabalho relaciona a gasto em consumo de energia eletrica pela instituição publica Federal do Piauí-Campus Teresina Central.

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL: CONCEPÇÕES, PRÁTICAS E FORMAÇÃO DOS PROFESSORES DE BIOLOGIA E QUÍMICA
Objetivou-se conhecer as concepções, práticas pedagógicas e formação dos professores de biologia-química no tocante a Educação Ambiental. A metodologia aplicada é caracterizada como descritiva. Foi utilizado um questionário. Percebeu-se que a maioria dos professores apresentou lacunas na sua formação.

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL: TEORIA E PRÁTICA – UM ESTUDO DE CASO SOBRE OS RESÍDUOS ELETRÔNICOS NO MUNICÍPIO DE MEDIANEIRA - PARANÁ.
Os avanços tecnológicos tornaram os equipamentos eletrônicos parte de nosso cotidiano, resultando no resíduo sólido que necessita de uma destinação correta e adequada. O artigo relata o desenvolvimento de estratégias para a sensibilização quanto à destinação correta deste resíduo.

27/11/2016SEMIÁRIDO, SEMIÁRIDOS- A CONSTRUÇÃO DO ESPAÇO COMO SUBSÍDIO PARA AÇÕES QUE ESTIMULEM PRESERVAÇÃO E RESPEITO
Este artigo reflete como o semiárido foi historicamente nomeado e as intencionalidades que cada nome/discurso escondiam. Nos aportamos em Saussure (reflexões sobre linguística) e Korselleck (historicização dos conceitos). A diversidade e história deste espaço podem gerar conscientização, respeito e preservação.

27/11/2016O HUMANO EM PELE DE BALEIA: REFLEXÕES SOBRE A SECA E O ANTROPOMORFISMO EM VIDAS SECAS
As análises deste texto se inserem no âmbito da educação formal ou não. Utilizamos como fonte o romance Vidas Secas, de Graciliano Ramos, cruzando estes dados com a visão de Peter Singer sobre a relação ser humano-animais. Concluímos que há uma naturalização que é construída cultural e socialmente.

27/11/2016TRATAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE UM HOSPITAL DE MÉDIO PORTE NA REGIÃO DO BAIXO AMAZONAS
A gestão inadequada a respeito dos resíduos sólidos dos serviços de saúdE causa desde prejuízos ambientais até inúmeros desperdícios financeiros, além de agredir a saúde pública. O objetivo, portanto, é ressaltar a importância em se adotar métodos profissionais de gerenciamento correto desses resíduos.

27/11/2016PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL APLICADAS À AGRICULTURA SUSTENTÁVEL NA ESCOLA MUNICIPAL NORUEGA – LAGARTO/SE
O presente artigo objetivou analisar como a Escola Municipal Noruega, localizada no município de Lagarto-SE, insere a Educação Ambiental como proposta interdisciplinar a temas relacionados ao desenvolvimento de práticas agrícolas sustentáveis.

27/11/2016A GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E A PERCEPÇÃO INTERDISCIPLINAR DE ÓRGÃOS GESTORES NO MUNICÍPIO DE PIO IX - PI
Este estudo teve por objetivo realizar uma amostragem da relação existente entre a gestão dos resíduos sólidos e a percepção interdisciplinar dos órgãos do governo municipal e seu papel em torno do contexto abordado nas questões de Gestão Ambiental.

27/11/2016A CONCEPÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS E DE BIOLOGIA SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Este trabalho apresenta uma pesquisa a respeito da concepção sobre Educação Ambiental (EA) de professores de Ciências e Biologia de duas escolas públicas estaduais, localizadas no município de Areia – PB.

27/11/2016A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A EDUCAÇÃO NUTRICIONAL COMO PRÁTICAS EDUCATIVAS NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL
A integração da Educação Ambiental com a Educação Nutricional desperta o prazer e o interesse por uma vida saudável, quando trabalhadas em conjunto, é eficaz na transformação de hábitos e quando acontece no meio escolar também propicia mudanças fora desse ambiente.

27/11/2016AQUATOX: UMA PROPOSTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA
Este projeto, aplicou a aprendizagem significativa com a metodologia do ensino ação utilizando testes ecotoxicológicos com organismos simples e de fácil execução com alunos do ensino médio de uma escola pública de Sorocaba

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL FORMAL NA CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE SUSTENTÁVEL: O CASO DE UMA ESCOLA EM SURUBIM, PERNAMBUCO
A Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA), instituída pela Lei n° 9. 795/99 veio reforçar o direito à Educação Ambiental (EA) que todo cidadão possui. Segundo a lei referida, a EA tem caráter formal e não-formal e é responsabilidade do poder público disseminá-la à comunidade.

27/11/2016FRACKING: UM RISCO AMBIENTAL PARA OS RECURSOS HÍDRICOS E SOLOS BRASILEIROS
Em alguns países, tais como os EUA a exploração de gás de xisto de reservas não convencionais representa boa parte da matriz energética nacional. No Brasil, as reservas não convencionais mapeadas representam grande fonte de energia, fazendo com que haja grande expectativa em relação a exploração desse gás...

27/11/2016COMPOSTAGEM DOMÉSTICA: DESAFIOS E POSSIBILIDADES AO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS ORGÂNICOS DO LAR
Os resíduos sólidos tem sido alvo de preocupação devido à alta taxa de lixo depositado de forma livre no meio ambiente. Uma das formas de mitigação dessa problemática é a utilização da compostagem, a qual reduz o lançamento de resíduos em aterros e produz composto que pode ser utilizado na agricultura.

27/11/2016DESAFIOS PARA FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA ESCOLA DE ASSENTAMENTO DO SUDESTE PARAENSE.
O trabalho objetivou identificar os fatores que se constituem desafio para formação de Multiplicadores em Educação Ambiental numa escola de Projeto de Assentamento no Sudeste Paraense. Concluímos como principais obstáculos a falta de formação dos professores e a atuação pouco interessada da gestão escolar.

27/11/2016ANÁLISE DOS RESÍDUOS SÓLIDOS PROVENIENTES DA MERENDA ESCOLAR EM ESCOLAS DA REDE PÚBLICA DE GOVERNADOR MANGABEIRA-BA
O trabalho teve como objetivo, analisar se existem ações voltadas para minimização da produção de resíduos sólidos no processo de confecção e sobras da merenda escolar diminuindo o desperdício e os impactos ambientais, em escolas da rede pública de Governador Mangabeira Bahia.

27/11/2016RESÍDUO DA AGROINDÚSTRIA SUCROALCOOLEIRA – VINHAÇA
O artigo de revisão teve como objetivo discutir a problemática da gestão do resíduo da agroindústria sucroalcooleira a vinhaça, destacando as tecnologias de reutilização. Faz uma breve revisão sobre histórico da expansão da atividade sucroalcooleira no Brasil; características da vinhaça, impactos e legislação.

27/11/2016A EDUCAÇÃO AMBIENTAL A PARTIR DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DE CIDADANIA FISCAL COM CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL
O presente trabalho tem como objetivo analisar as possibilidades de integrar, nas práticas pedagógicas na Educação Infantil, os fundamentos da cidadania fiscal a partir da problematização do conceito de lixo e coleta seletiva na construção de atitudes responsáveis e concretas junto ao contexto ambiental.

27/11/2016O CONHECIMENTO AGROECOLÓGICO COMO FERRAMENTA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
A agroecologia é vista como um dos meios de reverter os problemas ambientais na agricultura. Este trabalho tem como objetivo explicitar a importância do conhecimento agroecológico para os sistemas de cultivares e, com isso, contribuir para a sustentabilidade na agropecuária.

27/11/2016A QUALIDADE DOS COMBUSTÍVEIS NO RIO GRANDE DO NORTE E SUA IMPORTÂNCIA PARA UM DESESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Este trabalho tem como objetivo identificar os princípios e os objetivos da política energética nacional para a proteção do ambiente e conservação de energia utilizando fontes de energia, através da economia, uso de insumos disponíveis e das tecnologias aplicáveis atendendo o desenvolvimento sustentável.

27/11/2016BIO-ÓLEO: UMA ALTERNATIVA ENERGÉTICA SUSTENTÁVEL
Este trabalho tem como objetivo analisar fontes de energias com impactos ambientais reduzidos discutindo uma visão futura de sua aplicabilidade.O bio-óleo é uma fonte de biomassa e pode ser uma boa opção energética, pois é renovável e gera baixa quantidade de poluentes.

27/11/2016MAPEAMENTO DE INICIATIVAS DE PROTAGONISMO AMBIENTAL E FOMENTO À REDE DE PLANTADORES DE ÁRVORES
Focaliza o papel social desempenhado por atores em iniciativas ambientais. De forma mais específica, volta-se para o estudo das motivações que levam sujeitos a desenvolverem práticas de arborização em diferentes espaços.

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL E CIDADANIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: UNIDADE ESCOLAR CONSELHEIRO SARAIVA, BATALHA – PI
A relação entre a educação e o meio ambiente é cada vez mais desafiadora, uma vez que demanda emergência para compreender os processos sociais que tornam os riscos ambientais mais complexos e intensos. Desta forma, uma sociedade ambientalmente educada é fundamental para a preservação e conservação do ambiental.

27/11/2016OS USOS DO JARDIM BOTANICO ENQUANTO ESPAÇOS DE CONSCIENTIZAÇAO AMBIENTAL
Este artigo objetiva analisar as atividades desenvolvidas com os alunos da escola E.E.F.M. Eneida de Moraes no Jardim Botânico do Museu Emilio Goeldi. Com os resultados busca-se através de vivências nesses espaços educativos, práticas de ensino que visem a interdisciplinaridade e a conservação ambiental.

Dicas e Curiosidades

30/11/2016CONSUMO CONSCIENTE: DICAS PARA COMPRAR DE FORMA ECOLOGICAMENTE CORRETA
Todas as nossas ações refletem, positiva ou negativamente, no meio-ambiente: seja tomar um café no trabalho, onde jogamos fora um copo de plástico que levará décadas para se decompor, ou quando economizamos água lavando o quintal utilizando baldes d’água no lugar de mangueira com água corrente. Iniciativas e ações ecologicamente corretas são simples e podem ser feitas por qualquer um de nós.

30/11/2016DESCUBRA SE VOCÊ ESTÁ FAZENDO A SUA PARTE PARA DESPEJAR CADA VEZ MENOS LIXO NA NATUREZA
A preservação do meio ambiente começa com pequenas atitudes diárias, que fazem toda a diferença. Uma das mais importantes é a reciclagem do lixo. O motivo é simples de entender. Nos dias de hoje, quem vive em áreas urbanas produz, em média, 1 quilo de lixo por ano. Aí se incluem materiais que são tirados da natureza, como papéis, plástico, vidro e alumínio, e podem muito bem ser reaproveitados - em vez de serem simplesmente jogados em aterros sanitários e se transformar em poluição.

28/11/2016PRODUTOS DE LIMPEZA ECOLÓGICOS
Muitas receitas foram desenvolvidas, testadas e aprovadas ao longo dos anos, principalmente pelas mulheres do meio rural. Procurando minimizar os impactos do uso de "produtos de limpeza" no meio ambiente e na saúde humana e também, porque não, economizar, buscou-se na memória destas mulheres, e em antigas anotações, receitas práticas, mais baratas e, o mais importante, que não colocam em risco a saúde de ninguém.

27/11/2016DICAS E CURIOSIDADES SELECIONADAS POR EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO
Selecionamos para nossas leitoras e nossos leitores várias dicas e curiosidades sobre diversos assuntos relacionados às questões ambientais e à iniciativas que favorecem a cultura ambiental, confira!

Reflexão

27/11/2016CATADOR É PROFISSÃO
De acordo com a Pesquisa Nacional de Saneamento Básico realizada pelo IBGE em 2000, coleta-se no Brasil diariamente 125,281 mil toneladas de resíduos domiciliares, e 52,8% dos municípios Brasileiros dispõem seus resíduos em lixões.

27/11/2016A VERDADEIRA GUERRA? CONTRA A MÃE TERRA
Fala-se de guerra para indicar campos de batalha como a Síria, a Líbia, a Ucrânia, o Iraque ou o Afeganistão. Mas a maior guerra que está sendo travada atualmente é contra o nosso planeta (...)

27/11/2016RECONHECER UM ERRO E VOLTAR ATRÁS NÃO FAZ DE VOCÊ UM BABACA
O texto trata da importância da cordialidade, da educação e do reconhecimento de erros que possamos cometer ao longo da vida, propondo uma reflexão, indicando que a forma como lidamos com pessoas e diferentes situações podem mudar o mundo, para melhor.

Textos de sensibilização

27/11/2016O SABER SENSÍVEL PARA A CONSTRUÇÃO DE VALORES ÉTICOS PLANETÁRIOS ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL
A abordagem trata sobre a urgência em analisarmos a nossa relação com o meio ambiente, observando que princípios éticos ambientais, com raras exceções, sempre estiveram (e ainda estão) ausentes do cenário do mundo capitalista (...) Trata da importância do desenvolvimento do Saber Sensível para um aprendizado com mais significado, enfatizando a importância de atividades de sensibilização trazendo olhares de diferentes autores sobre estas questões.

27/11/2016MÃE REFLORESTADORA
Houve um tempo, não muito distante, em que só se pensava em desenvolvimento e sobrevivência, quando as questões ambientais sequer eram consideradas. Apesar de muitas pessoas, ainda hoje, viverem ignorando o ambiente, pouco a pouco algumas foram despertando, e esta crônica apresenta um belo e frutífero despertar...

Dinâmicas

27/11/2016DINÂMICA PARA SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL: CAMINHADA EM GRUPO, EM SILÊNCIO
A dinâmica pretende despertar a atenção de educadores, educadoras para a importância de trabalharmos o silêncio para ampliar os outros sentidos e aquietar a mente, além de sensibilizar. Trabalhar o silêncio com os alunos - sejam eles de qualquer idade - é um grande desafio, mas traz muitos benefícios como os relatados nesta prática.

Entrevistas

27/11/2016ENTREVISTA COM ROQUE SPIES E ODETE SPIES PARA A 58ª EDIÇÃO DA REVISTA VIRTUAL EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO
Os entrevistados desta edição são Roque e Odete Spies. Eles moram em Dois Irmãos (RS) e atualmente atuam com assessoria em reciclagem e capacitação de recicladores/catadores em associações/cooperativas. Anteriormente trabalharam na organização da reciclagem em Novo Hamburgo e foram fundadores da cooperativa em Dois Irmãos, por 12 anos.

27/11/2016ENTREVISTA COM DESIRÉE RUAS PARA O BLOG ECOPEDAGOGIA
Desirée Ruas – é uma Jornalista, especialista em Educação Ambiental e Sustentabilidade. Criadora do Movimento Consciência e Consumo, de Belo Horizonte (MG), ela faz parte da Rede Brasileira Infância e Consumo, Rebrinc .

Culinária

27/11/2016COMO INSERIR OS ORGÂNICOS NA ALIMENTAÇÃO DAS CRIANÇAS
Não é novidade que os alimentos orgânicos possuem qualidade superior aos alimentos tradicionais. Eles são mais nutritivos e saudáveis, afinal, são livres de químicos e possuem suas propriedades nutricionais preservadas. O consumo de alimentos orgânicos é indicado para todas as idades, no entanto, você sabia que ele é ainda mais importante na infância?

Divulgação de Eventos

27/11/2016XVI ENCONTRO PARANAENSE DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL - EPEA2017
O EPEA se constitui em uma importante instância de diálogo e cooperação no campo da educação e das ações relacionadas ao meio ambiente e a sociedade. O eixo temático dos debates será a análise de alternativas sociais como resposta aos problemas ambientais, ou seja, o evento pretende discutir caminhos possíveis que emergem da ação coletiva e dos processos de participação em diversos âmbitos da sociedade, problematizando limites e valorizando avanços e possibilidades.

O que fazer para melhorar o meio ambiente

27/11/2016QUAIS OS RISCOS DO DESCARTE INCORRETO DE MEDICAMENTOS? COMO EVITAR?
O Brasil é o sétimo país que mais consome medicamentos do mundo, mas existe pouca legislação referente ao descarte correto de medicamentos vencidos ou sem uso. A logística reversa da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) abrange certos materiais que são prejudiciais à saúde humana e ao meio ambiente - mesmo tendo esse tipo de característica, os medicamentos ainda não entraram nessa lista.

27/11/201631 ÁRVORES QUE VOCÊ PODE PLANTAR EM SUA CALÇADA
As árvores são fundamentais nas ruas e avenidas. Além de embelezar, elas têm um importante papel no equilíbrio térmico, refrescando onde quer que estejam. Também colaboram com a redução da poluição sonora e do ar, fornecem sombra, refúgio e alimento para as aves. Os benefícios não param por aí, poderíamos falar de fixação de carbono, produção de oxigênio, proteção contra ventos, etc. Mas a escolha da espécie correta é fundamental.

27/11/2016FLORESTA DE GENTE, FLORESTA DE SEMENTE
Plantio inaugural de árvores do Amazonia Live, projeto do Rock in Rio em parceria com Funbio, ISA e Rede de Sementes do Xingu, aconteceu durante encontro de coletores de sementes indígenas e agricultores.

Sugestões bibliográficas

27/11/2016Revista HORIZONTE Geográfico GRÁTIS
A revista HORIZONTE Geográfico tem o prazer de apresentar sua Edição Especial 160 que contém o Anuário de Boas Práticas em Sustentabilidade.

27/11/2016LIVRO CONSTRUÇÃO E AVALIAÇÃO TÉRMICA DE UM FOGÃO SOLAR TIPO CAIXA
O livro apresenta uma contribuição no estudo de modelagens de transferência de calor para os alimentos submetidos aos testes experimentais no forno solar proposto, onde foi avaliada a melhor modelagem para o bife de frango em estudo, comparando os resultados [...]

27/11/2016LIVRO (VI)VER N_A CIDADE: OCUPAÇÕES DE ESPAÇOS URBANOS
[A obra] [...] Pretende mostrar perspectivas da arte, intervenções, comunicação e até mesmo dos grandes eventos, como Carnaval e Copa do Mundo, que também são formas de ocupação, de movimentos, de vibrações, de vida.

27/11/2016EDIÇÃO ONLINE 95 DA REVISTA DO MEIO AMBIENTE E BAIXE GRATUITAMENTE EM PDF
A cada nova edição, a Rede Brasileira de Informação Ambiental - REBIA busca reunir matérias que ajude na análise da conjuntura socioambiental, aponte tendências, problemas e soluções.

27/11/2016LIVRO DE PROFESSOR DA UNICAMP SOBRE CATÁSTROFE AMBIENTAL DO CAPITALISMO GANHA O PRÊMIO JABUTI
O livro Capitalismo e Colapso Ambiental (Ed. Unicamp), do professor do Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp, Luiz Marques, ganhou o prêmio Jabuti 2016 em primeiro lugar na categoria Ciências da Natureza, Meio Ambiente e Matemática.

Educação

27/11/2016HACIENDO UN “BACKUP” DE LO APRENDIDO
Son tiempos de reflexiones, de mirar hacia adentro, de limpiar impurezas internas y externas, de liberar espacio... Es un buen momento para transformar, rescatar, construir, renovar y renacer. Y para lograrlo, te propongo hacer balance de lo aprendido y disponernos para hacer un “backup” sólo de aquello que merezca ser resguardado en nuestra memoria interna para poder seguir andando la vida con agilidad, flexibilidad y sabiduría.

Você sabia que...

27/11/2016HÁ UM APLICATIVO QUE CONECTA PESSOAS QUE QUEREM TROCAR OU DOAR ALIMENTOS ORGÂNICOS?
Você tem uma horta ou pomar em casa e a produção é muito grande para abastecer apenas a sua família? Talvez uma solução seja compartilhar esses alimentos com outras pessoas ou trocá-los por variedades que lhe interessem. O aplicativo FarmSquare faz justamente essa ponte entre quem tem disponibilidade e quem tem interesse.

Plantas medicinais

27/11/201612 PLANTAS MEDICINAIS PARA CULTIVAR NO JARDIM
O uso de plantas medicinais para curar e prevenir doenças é uma prática milenar, provavelmente utilizada pelo homem desde a Idade da Pedra. Um dos primeiros registros históricos dessa prática é um texto chamado “Matéria Médica”, escrito no século 1 pelo médico grego Dioscórides.

Práticas de Educação Ambiental

30/11/2016ANTROPOCENO E A ESCALA DA INTERFERÊNCIA HUMANA DE PIERRE DANSEREAU: ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Perceber o papel da humanidade no funcionamento e degradação do planeta é uma ação importante e que favorece a tomada de consciência crítica e mudanças de comportamento e uma maior participação na vida democrática. Neste texto apresentamos três propostas de atividades que envolvem o debate sobre o Antropoceno e a Escala de Interferência Humana de Pierre Dansereau.

Sementes

27/11/2016IMPLANTAÇÃO DO HORTO ESCOLA JARDIM VITAL
Este trabalho traz os conceitos adotados e o conjunto de ações empreendidas para a implantação do Horto Escola Jardim Vital, situado no Setor Vila Rosa, área urbana de Goiânia – Goiás. O ensaio foi elaborado a convite de Berenice Gehlen Adams para integrar a Seção Sementes na 58ª Edição da Revista Educação Ambiental em Ação, cujo tema é Educação Ambiental com Emoção.

Notícias

27/11/2016LIVRO DE EX-ALUNOS DO LABJOR DISCUTE A IMPORTÂNCIA DA OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS PÚBLICOS
Os olhares de quatro jornalistas e um biólogo sobre a cidade, relatados no Blog Vi(ver) n_a cidade, são apresentados, agora, no livro homônimo (impresso e e-book) que acaba de ser lançado pela editora Perse.

27/11/2016FORNO SOLAR DE BAIXO CUSTO: EXPERIÊNCIA FEITA NA UFAM É PUBLICADA POR EDITORA DA ALEMANHA
Forno utiliza materiais reciclados para captar energia solar A pesquisa consiste em verificar modelos de transferência de calor em cozimento realizado em forno solar experimental. O alimento escolhido foi o bife de frango. Tradicional na mesa do brasileiro, ele passou por modelagens em duas condições distintas.

27/11/2016MILHÕES DE ABELHAS MORREM NOS EUA APÓS USO DE VENENO CONTRA ZIKA
De acordo com canal, 2,5 milhões dos insetos foram atingidos. Apicultores da Carolina do Sul, no sudeste dos Estados Unidos, removeram esta semana milhões de abelhas mortas depois que as autoridades pulverizaram o polêmico inseticida "naled" para combater os mosquitos vetores do zika. Juanita Stanley, uma apicultora de Summerville, ao noroeste de Charleston, encontrou uma cena apocalíptica após a fumigação de domingo passado: milhões de abelhas estavam caídas em torno das suas colmeias.

27/11/2016ONU: MÁ GESTÃO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS PODE CONTRIBUIR PARA SURGIMENTO DE CONFLITOS
A má gestão pode abastecer e financiar as guerras existentes e aumentar o risco de retomada de conflitos, alertou o secretário-geral da ONU. “Por outro lado, existem muitos exemplos de recursos naturais que servem como catalisadores para a cooperação pacífica, para a construção da confiança e para a redução da pobreza”, acrescentou Ban Ki-moon.

27/11/2016ESCOLA DO PARANÁ ECONOMIZA R$ 2 MIL MENSAIS COM SISTEMA DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA DA CHUVA
Há quatro anos, a direção do Colégio Estadual Francisco Zardo, localizado no bairro Santa Felicidade, em Curitiba, desenvolveu um sistema de cisternas para captar da água da chuva para serviços diários de limpeza, na jardinagem e na horta. A iniciativa trouxe vários benefícios para a escola, como o incentivo à preservação do meio ambiente, interação com a comunidade e economia de até R$ 2 mil por mês na conta de água.

27/11/2016COP22 REAFIRMA ACORDO DE PARIS E APONTA CAMINHOS PARA O FINANCIAMENTO CLIMÁTICO
Nada pode parar a ação climática global”. Esse foi o recado da 22ª Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas (COP22), que terminou neste sábado (19/11/16), após duas semanas de discussões e negociações em Marraquexe, no Marrocos. A reiteração dos compromissos assumidos pelos países com o Acordo de Paris e o amplo debate envolvendo governos, empresas e sociedade civil na busca de caminhos para o financiamento climático foram as tônicas do encontro.

Educação e temas emergentes

27/11/2016APA DO BANHADO GRANDE E REFÚGIO DE VIDA SILVESTRE BANHADO DOS PACHECOS: EDUCAÇÃO AMBIENTAL NAS ESCOLAS DA REGIÃO DE ÁGUAS CLARAS/RS
A Área de Proteção Ambiental do Banhado Grande - APABG é uma área extensa que possui uma riqueza em biodiversidade, além de abranger quatro municípios, sendo eles: Viamão, Gravataí, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha, RS. Pelo fato de ser classificada como Área de Proteção Ambiental (APA) é um tipo de unidade de conservação de uso sustentável.

Ações e projetos inspiradores

27/11/2016RELIGAR AS PESSOAS COM A NATUREZA É FAZER EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Nestes tempos de incertezas com os relacionamentos escorrendo entre os momentos numa rapidez cada vez maior é preciso encontrar pessoas que queiram fazer diferente, buscando concretamente uma melhor qualidade de vida e ainda beneficiar toda a sociedade. O RELIGAR, é aos poucos a concretização de um sonho para buscar fazer algo diferente, sustentável e sempre melhor.

27/11/2016PROJETO BARU
Baru ou (Dipteryx alata vog) é uma Planta Leguminosa, nativa do Cerrado Brasileiro, que ocupa 1/4 do nosso Território. Tendo Baru também no Paraguai, Peru e Bolívia. Mas, no Brasil ele é endêmico. Somos o maior produtor mundial de Baru. Até os meados de 1960 ele era pouco conhecido, como fonte de alimento para o ser humano. No despertar do seu uso até os dias atuais, seu consumo tem crescido em grande escala.

Relatos de Experiências

30/11/2016ANÁLISE DO PLANO MUNICIPAL DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS (PMGIRS): PERSPECTIVA DA GESTÃO PÚBLICA QUANTO AOS IMPACTOS AMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DE POÇO DANTAS-PB
A relevância do presente trabalho motiva-se quanto à análise do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) no município de Poço Dantas-PB. Sendo assim esse estudo traça como objetivo analisar o PMGIRS sob a perspectiva da gestão pública quanto aos impactos ambientais nesse município.

27/11/2016GESTÃO AMBIENTAL E RESPOSABILIDADE SOCIAL: PERPASSE ENTRE SUSTENTABILIDADE E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA DISCIPLINA DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
O presente trabalho visa relatar uma experiência vivida durante uma disciplina de Gestão Ambiental, no curso de ciências biológicas (licenciatura). Evidenciando a gestão ambiental como responsabilidade social, calcada em premissas da educação ambiental visando à sustentabilidade.

27/11/2016FEIRA DE CIÊNCIAS E ENSINO DE CIÊNCIAS: DESDOBRAMENTOS ESCOLARES
Este artigo relata observações participantes em duas escolas municipais onde foram realizadas Feiras de Ciências.O estudo foi centrado no sujeito como ser social e favoreceu em ações participantes, novos caminhos e desdobramentos para que o Ensino de Ciências Naturais promova a educação cidadã.

27/11/2016TRILHA ECOLOGICA COMO ESTRATEGIA PARA EDUCACAO AMBIENTAL
A trilha ecológica como um recurso pedagógico tem se mostrado um elemento motivador na apropriação dos princípios da EA visando desenvolver principalmente, o sentimento de valorização, preservação e conservação do ambiente, no educando.

27/11/2016EDUCACAO PARA A SUSTENTABILIDADE: A POLITICA DE EJA COMO INSTRUMENTO DE MUDANCA
A educação para a sustentabilidade é um dos desafios para a política educacional de EJA colocados pelos documentos de incidência sobre as decisões da VI CONFINTEA, onde esses documentos mostram a preocupação com as problemáticas ambientais do planeta.

27/11/2016RESÍDUOS VÍTREOS: UM ESTUDO NAS VIDRAÇARIAS DO MUNICÍPIO DE SOUSA-PB
Este trabalho tem como objetivo investigar como é realizada a destinação final dos resíduos vítreos no município de Sousa-PB. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica de natureza exploratória e descritiva. O tratamento dos dados foi realizado de forma quantitativa.

27/11/2016EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE: UMA INTEGRAÇÃO NECESSÁRIA
O presente trabalho aborda a relação existente entre o Agente Comunitário de Saúde e a Educação Ambiental. Foi verificado que as famílias já contraíram as doenças dengue e malária, que elas adotam medidas preventivas. Sendo assim, é necessário que os ACS em formação adotem práticas de educação ambiental.

27/11/2016COLETA SELETIVA COMO FERRAMENTA PARA A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DA ESCOLA MARIA MENINA EM ALAGOA GRANDE - PB
Esta pesquisa insere-se nos estudos de educação ambiental e tem por objetivo desenvolver práticas ambientalmente corretas, com alunos do ensino fundamental, por meio da coleta seletiva de resíduos sólidos.

27/11/2016LEVANTAMENTO NO CONHECIMENTO DOS RISCOS DE INTERAÇÃO ENTRE PLANTAS MEDICINAIS E ALOPÁTICOS EM IDOSOS DA ZONA OESTE, REALENGO – RJ
Atualmente a fitoterapia vem sendo crescente entre a terceira idade, entretanto a falta de informação trazem resultados adversos como inchaços, dores de cabeça, aceleramento dos batimentos cardíacos. Objetivou-se realizar um levantamento das plantas medicinais e remédios alopáticos utilizados por idosos.

27/11/2016TEATRO DE BONECOS COMO FERRAMENTA DE SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO
O estudo avaliou o teatro de bonecos como ferramenta de sensibilização ambiental voltado para público infantil. Foram confeccionados bonecos e cenários e realizadas apresentações teatrais. Os resultados revelaram aspectos positivos do uso da ferramenta lúdica em Unidade de Conservação.

27/11/2016PRÁTICAS DE GESTÃO AMBIENTAL NO ENSINO SUPERIOR: CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA
Este trabalho relata o desenvolvimento de um Projeto de Ensino e Extensão desenvolvido dentro da UFSM que tem como foco a educação ambiental em escolas. Como resultado obteve-se a criação de jogos pedagógicos inéditos entregues às professoras demonstrando que é possível inovar nas práticas educativas.

27/11/2016EXPERIÊNCIAS DE UMA OFICINA DE RESÍDUOS SÓLIDOS
Este artigo relata uma experiência desenvolvida em uma oficina de análise e classificação de resíduos sólidos domiciliares, no município de Juazeiro do Norte, CE, realizada no mês de abril de 2016, com público-alvo de alunos ingressantes no curso de Engenharia Ambiental de uma Instituição Federal de Ensino.

27/11/2016O BRINQUEDO DE SUCATA COMO RECURSO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRÉ-ESCOLA
Vivemos uma crise educacional e ambiental. É necessário que a escola traga uma abordagem lúdica para que a aprendizagem seja significativa, principalmente na Educação Infantil. O brinquedo de sucata traz, além dos benefícios da aprendizagem lúdica, a conscientização das questões relacionadas ao meio ambiente.

27/11/2016ÁGUA MINERAL: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O BENEFICIAMENTO DA ÁGUA MINERAL NA CIDADE DE SOUSA-PB
É de extrema relevância abordar um tema que abranja a importância das águas minerais, suas propriedades químicas e terapêuticas, e a sua correta industrialização. As informações contidas neste trabalho mostram um estudo sobre o beneficiamento da água mineral na cidade de Sousa – PB.

27/11/2016DESCARTE ECOLÓGICO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: UMA VISÃO AUTOSSUSTENTÁVEL PARA O MUNICÍPIO DE BERNARDINO BATISTA-PB
Com a finalidade de contribuir para formulação de uma política eficaz dos Resíduos Sólidos, que incentive a adoção da coleta seletiva e reciclagem. Esse trabalho traça como objetivo geral analisar o processo de descarte dos resíduos sólidos de forma autossustentável no município de Bernardino Batista-PB.

27/11/2016O ICMS ECOLÓGICO COMO INSTRUMENTO DE PRESERVAÇÃO E PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE NO ESTADO DA PARAÍBA..
Esta pesquisa tem como eixo a problematização dos tributos como ferramentas econômicas de gestão ambiental. Apresentado como objetivo geral o de analisar, e discutir sobre a implantação do ICMS ecológico no estado da Paraíba como instrumento de preservação e proteção ambiental de forma sustentável.

27/11/2016O CARÁTER SOCIOAMBIENTAL DO PROGRAMA ÁGUA PARA TODOS NO ESTADO DA PARAÍBA
Atualmente, questões como desertificação, mudanças climáticas e poluição, fizeram crescer no mundo, o interesse sobre o meio ambiente e preocupações quanto à disponibilidade de água para todos. Assim, as questões ambientais estabeleceram-se nas agendas governamentais assim como também nos movimentos sociais.

 

 
Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Contato
Site projetado para InternetExplorer 5.x, Netscape 7.x ou Opera 7.       |       @