ISSN 1678-0701
Número 55, Ano XIV.
Março-Maio/2016.
Números anteriores 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Dinâmicas     Entrevistas     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Breves Comunicações     Práticas de Educação Ambiental     Relatos de Experiências     Notícias
Dinâmicas
 

09/03/2016
JOGANDO COM A INTERDISCIPLINARIDADE  
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=2265 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

JOGANDO COM A INTERDISCIPLINARIDADE

 

Vamos jogar para entender os caminhos que levam a interdisciplinaridade e que nos fazem organizar os passos de cada problema que pode ou não surgir.

 

Divida sua turma em três grupos.

 

O primeiro será a população;

O segundo a empresa;

O terceiro o ministério público.

 

Vamos imaginar duas situações fictícias...

 

Primeira situação:

Uma empresa próspera de minério, localizada em uma região montanhosa, tem ao pé do morro as lagoas necessárias para a extração.

De acordo com a empresa tudo está bem, no entanto esta mesma empresa, contratou serviços de uma outra empresa que recomenda atenção e reforços na estrutura de uma das lagoas, mais precisamente a lagoa mais acima.

De acordo com o ministério a lagoa está em situação de risco e recomenda que a empresa tome as providências para reforçar as estruturas da lagoa.

A empresa não tomou as providências e a lagoa se rompeu, formando uma correnteza de lama, que desceu arrasando o que tinha na frente.

E arrasou com a pequena cidade de Anamaria de 10.000 habitantes e toda a água do rio local e de muitos quilômetros de rios, até esta lama chegar ao mar.

 

Segunda situação:

Uma empresa próspera de minério, localizada em uma região montanhosa, tem ao pé do morro as lagoas necessárias para a extração.

De acordo com a empresa tudo está bem, no entanto esta mesma empresa, contratou serviços de uma outra empresa que recomenda atenção e reforços na estrutura de uma das lagoas, mais precisamente a lagoa mais acima.

De acordo com o ministério a lagoa está em situação de risco e recomenda que a empresa tome as providências para reforçar as estruturas da mesma.

E fiscaliza as obras que a empresa contratou.

E a empresa faz os reparos necessários.

E a lagoa se rompeu. Mas a estrutura e os ajustes recém feitos, controlaram o desastre.

E a pequena cidade de Anamaria de 10.000 habitantes, continua fiscalizando a lagoa que pode arrasar a cidade que amam.

Para isso, cada um tem que fazer sua parte.

 

Exercícios:

Discutir e definir quais as obrigações, responsabilidades e deveres de cada grupo em cada uma das situações.

E perceber e conversar sobre os “e se”...

Questionar como devem ser cobradas as responsabilidades de fiscalizar os possíveis desastres.

 

Desejo um ótimo debate e crescimento do pensar.

Um beijo, Marina

PS: Este exercício é uma ficção!

 



" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">
 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Dinâmicas     Entrevistas     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Breves Comunicações     Práticas de Educação Ambiental     Relatos de Experiências     Notícias