A responsabilidade social e a preservação ambiental significa um compromisso com a vida. - João Bosco da Silva
ISSN 1678-0701 · Volume XXI, Número 85 · Dezembro-Fevereiro 2023/2024
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(1) Dicas e Curiosidades(1) Reflexão(9) Para Sensibilizar(2) Dinâmicas e Recursos Pedagógicos(2) Entrevistas(1) Arte e Ambiente(1) Divulgação de Eventos(13) O que fazer para melhorar o meio ambiente(3) Sugestões bibliográficas(3) Educação(1) Você sabia que...(4) Reportagem(2) Educação e temas emergentes(1) Ações e projetos inspiradores(14) Cidadania Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Relatos de Experiências(2) Notícias(17)   |  Números  
Divulgação de Eventos
15/12/2023 (Nº 85) COMITÊ DE BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANAPANEMA VENCE O PRÊMIO ANA 2023
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=4645 
  

COMITÊ DE BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANAPANEMA VENCE O PRÊMIO ANA 2023

Órgão com gestão compartilhada entre os estados do Paraná e São Paulo se destacou com a série de reportagens sobre a água produzidas pelo colegiado e disponibilizadas gratuitamente à população por meio do YouTube.

Publicação
07/12/2023

O Comitê de Bacia Hidrográfica (CBH) do Rio Paranapanema, cuja gestão é compartilhada entre Paraná e São Paulo, venceu a 8ª edição do Prêmio ANA
Foto: ParanáPanema

O Comitê de Bacia Hidrográfica (CBH) do Rio Paranapanema, cuja gestão é compartilhada entre Paraná e São Paulo, venceu a 8ª edição do Prêmio Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) na categoria Organismos de Bacia. O destaque foi a série de reportagens sobre a água produzidas pelo colegiado (comitê) e disponibilizadas gratuitamente à população por meio do YouTube do CBH. A cerimônia de premiação ocorreu nesta quarta-feira (06), no Millennium Convention Center, em Brasília (DF).

A produção vencedora é focada na educação ambiental e teve início em 2021. São três edições – Reservatórios do Paranapanema, o Plano Integrado de Recursos Hídricos do Paranapanema e a Outorga de Direito de Uso da Água – que conversam entre si e baseadas em entrevistas com especialistas da área. O objetivo principal é passar para a população de forma didática e acessível todas as informações sobre como cuidar do rio que abastece os dois estados.

Parceria com cooperativas vai permitir ao IAT ampliar rede de monitoramento da água

Presidente do CBH do Rio Paranapanema e diretor de Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos do Instituto Água e Terra (IAT), José Luiz Scroccaro esteve em Brasília para receber o prêmio. Segundo ele, a premiação é uma valorização para o comitê, que busca cativar a participação da população, seja integrando o órgão ou apenas colaborando em audiências públicas.

Nós capacitamos os membros dos comitês de bacia para que tenham um conhecimento do que é um comitê, e o mesmo acontece para pessoas externas que tenham interesse em conhecer mais sobre o trabalho. Mantemos também a divulgação de todas as nossas ações em redes sociais, o que deixa transparente as nossas ações. E essa opção foi premiada agora”, destaca Scroccaro.

Sentimos a necessidade de trazer os membros do comitê, os usuários e a sociedade civil organizada junto conosco. E para motivar as pessoas em estar com a gente, elas precisam saber o que está acontecendo dentro do colegiado”, acrescenta.

Desmatamento ilegal da Mata Atlântica reduz 64% no Paraná em 2023

PRÊMIO – O Prêmio ANA surgiu para promover o desenvolvimento sustentável no País ao reconhecer as iniciativas governamentais, empresariais e estudantis que promovam a segurança hídrica, a gestão e uso sustentável dos recursos hídricos e as atuações que efetivam a melhoria e ampliação de serviços públicos de saneamento básico. Esta foi a 8ª edição do evento.

REFERÊNCIA – O CBH do Rio Paranapanema foi destaque nacional em junho deste ano, quando o governo federal classificou a gestão compartilhada da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema entre Paraná e São Paulo como referência para o País, ao unir esforços para preservar a mata ciliar e as nascentes dos rios, principalmente nos trechos que são mananciais.

O IAT, autarquia vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável (Sedest), e o Departamento de Águas e Energia Elétrica de São Paulo (DAEE), são órgãos gestores e responsáveis há 21 anos pelo comitê principal e seus seis subgrupos, voltados para os afluentes que integram o Paranapanema. O plenário do Comitê é composto por 50 membros titulares e 50 suplentes.

Para executar essas ações de preservação das bacias hidrográficas, os comitês realizam reuniões que estão previstas no plano de trabalho da Diretoria de Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos do Instituto Água e Terra (IAT), órgão executivo gestor do Sistema Estadual de Recursos Hídricos, que desempenha o papel de agência de água dentro dos comitês com o apoio técnico e financeiro, além de atuar na secretaria executiva.

Fonte: Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema vence o Prêmio ANA 2023 | Agência Estadual de Notícias (aen.pr.gov.br)

Ilustrações: Silvana Santos