A responsabilidade social e a preservação ambiental significa um compromisso com a vida. - João Bosco da Silva
ISSN 1678-0701 · Volume XXI, Número 85 · Dezembro-Fevereiro 2023/2024
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(1) Dicas e Curiosidades(1) Reflexão(9) Para Sensibilizar(2) Dinâmicas e Recursos Pedagógicos(2) Entrevistas(1) Arte e Ambiente(1) Divulgação de Eventos(13) O que fazer para melhorar o meio ambiente(3) Sugestões bibliográficas(3) Educação(1) Você sabia que...(4) Reportagem(2) Educação e temas emergentes(1) Ações e projetos inspiradores(14) Cidadania Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Relatos de Experiências(2) Notícias(17)   |  Números  
Notícias
15/12/2023 (Nº 85) O MUNICÍPIO COM MENOS DE 8 MIL HABITANTES QUE VIROU EXEMPLO DE SUSTENTABILIDADE EM GOIÁS
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=4655 
  

O MUNICÍPIO COM MENOS DE 8 MIL HABITANTES QUE VIROU EXEMPLO DE SUSTENTABILIDADE EM GOIÁS

Cilas Gontijo

12 dezembro 2023

Terezópolis de Goiás já é reconhecida pela sua produção de orgânicos, mais uma vertente que reforça um compromisso coletivo com a sustentabilidade e o meio ambiente

De projetos comunitários a novas ocupações, um município de Goiás tem conseguido se desenvolver mantendo suas reservas ecológicas e aquíferas preservadas, tornando-se uma ilha verde em meio do eixo mais desenvolvido do Estado de Goiás. Emancipado em 1992, estamos falando de Terezópolis de Goiás, um pequeno município na Rota das Águas, entre Goiânia e Anápolis.

Sua população é menor que oito mil habitantes – conforme o censo de 2022 do IBGE, 7,9 mil pessoas vivem no município -, mas tem uma das mais nobres missões: ser guardiã da água que abastece cerca de três milhões de habitantes que estão em Goiânia e na região metropolitana. É que o município se situa dentro da Área de Preservação Ambiental do Ribeirão João Leite (Apajol) e está bem próximo da barragem do João Leite.

Imbuído desse propósito, a cidade se prepara para se tornar a capital sustentável de Goiás, graças à mentalidade de sua população e aos projetos desenvolvidos pelo poder público e o privado. É o que diz o prefeito de Terezópolis de Goiás, Uilton Pereira, ao citar as iniciativas de empreendedorismo sustentável que florescem no município, impulsionando a economia local por meio de práticas que respeitam o meio ambiente.

Pereira explica que Terezópolis de Goiás está com o plano diretor em consonância com o Plano de Manejo da APA do João Leite. Desde dezembro de 2022, o licenciamento ambiental passou a ser feito pela Secretaria de Meio Ambiente do município, e não mais pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad-GO).

Nós criamos um corpo técnico para esta finalidade e temos recebido inclusive elogios do Ministério Público. Hoje nós sabemos qual é nossa vocação e passamos a ter orgulho de nosso papel. Embora sejamos um pequeno município, temos uma grande missão e estamos buscando mecanismos de desenvolvimento respeitando esta missão de garantir água potável para três milhões de habitantes”, disse.

A cidade já é reconhecida pela sua produção de orgânicos, mais uma vertente que reforça um compromisso coletivo com a sustentabilidade e o meio ambiente. 

No âmbito comunitário, a prefeitura desenvolve ações de coleta seletiva, que inclui as escolas municipais. Como incentivo, a prefeitura troca material reciclável por material escolar e lanche. Agora, a cidade deve passar por uma expansão urbana ordenada e se desenvolver mais nos próximos anos.

Fonte: O município com menos de 8 mil habitantes que virou exemplo de sustentabilidade em Goiás - Jornal Opção (jornalopcao.com.br)

Ilustrações: Silvana Santos