A responsabilidade social e a preservação ambiental significa um compromisso com a vida. - João Bosco da Silva
ISSN 1678-0701 · Volume XXI, Número 85 · Dezembro-Fevereiro 2023/2024
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(1) Dicas e Curiosidades(1) Reflexão(9) Para Sensibilizar(2) Dinâmicas e Recursos Pedagógicos(2) Entrevistas(1) Arte e Ambiente(1) Divulgação de Eventos(13) O que fazer para melhorar o meio ambiente(3) Sugestões bibliográficas(3) Educação(1) Você sabia que...(4) Reportagem(2) Educação e temas emergentes(1) Ações e projetos inspiradores(14) Cidadania Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Relatos de Experiências(2) Notícias(17)   |  Números  
O que fazer para melhorar o meio ambiente
15/12/2023 (Nº 85) ‘SUSTENTABILIDADE NA PRÁTICA’ - AMBIENTALISTA DESTACA INFLUÊNCIA DE COMPORTAMENTOS SUSTENTÁVEIS NAS ESCOLAS
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=4659 
  

SUSTENTABILIDADE NA PRÁTICA’ - AMBIENTALISTA DESTACA INFLUÊNCIA DE COMPORTAMENTOS SUSTENTÁVEIS NAS ESCOLAS

Professor José Carlos Aroucha, autor de diversos livros sobre a temática ambiental, afirmou que ainda existe um atraso em relação à pauta ambiental dentro do ambiente escolar

Agência Assembleia

Miguel Viegas

José Carlos Aroucha, radialista Álvaro Luiz e jornalista Ronald Segundo com livros lançados pelo ambientalista

Clique aqui e assista à íntegra do programa

Como influenciar comportamentos sustentáveis nas escolas e no dia a dia das pessoas foi o tema da entrevista, desta segunda-feira (4), do programa ‘Sustentabilidade na Prática’, da Rádio Assembleia (96.9 FM), que recebeu o professor José Carlos Aroucha. Autor de diversos livros sobre a temática ambiental, o ambientalista falou ainda sobre a sua trajetória como ativista.

Quando me formei engenheiro florestal, isso foi decisivo para a minha defesa do meio ambiente e da natureza. Estou nessa missão há 30 anos, desde que fiz o curso de Engenharia Florestal, também sou professor de Biologia e fiz especialização na área de Gestão Ambiental, e sempre observei certa omissão e negligência em relação às políticas públicas voltadas para as questões ambientais”, disse. 

José Carlos Aroucha afirmou que ainda existe um atraso em relação à pauta ambiental dentro do ambiente escolar. “Nas minhas andanças, tanto na zona urbana quanto na rural, algumas escolas ainda não são sustentáveis. Há muito desperdício de água, energia elétrica, não tem uma destinação correta dos resíduos sólidos e as práticas sustentáveis não são colocadas no dia a dia dos alunos”, alertou.

O ambientalista destacou, na conversa com o radialista Álvaro Luiz e o jornalista Ronald Segundo, que é preciso que o ensino sobre as boas práticas ambientais deve ser trabalhado de forma interdisciplinar pelos professores, suscitando nos alunos a forma com que eles têm se relacionado com o meio ambiente e o que fazem na sua rotina para preservá-lo.

Se os professores orientarem e conscientizarem os alunos, eles vão contribuir de maneira positiva para o meio ambiente. Sustentabilidade nas escolas é uma tendência. Os alunos, hoje, ficam em tempo integral nas escolas e precisa haver essa mobilização da comunidade escolar em torno da educação ambiental”, completou José Carlos Aroucha. 

Engajamento

O professor e engenheiro ambiental reforçou que as autoridades políticas, gestores ambientais, juntamente com as escolas, devem se engajar nesse processo de colocar em prática essa questão da educação ambiental.

A gente só vai transformar as escolas através da educação ambiental e práticas sustentáveis. Quando as escolas se tornarem sustentáveis, com certeza vão contribuir para o nosso planeta Terra. Para termos um planeta mais sustentável, é através das escolas”, assinalou. 

Fonte: Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão - ‘Sustentabilidade na Prática’ - Ambientalista destaca influência de comportamentos sustentáveis nas escolas

Ilustrações: Silvana Santos