ISSN 1678-0701
Número 63, Ano XVI.
Março-Junho/2018.
Números anteriores 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Fazer doação      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Resultado do prêmio     Prêmio: Destaques     Prêmio: Selecionados     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Entrevistas     Culinária     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     Sugestões bibliográficas     Educação     Plantas medicinais     Práticas de Educação Ambiental     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Gestão Ambiental     Cidadania Ambiental     Relatos de Experiências     Notícias
Resultado do prêmio

10/03/2018APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO I PRÊMIO NACIONAL EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO  
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=3050 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

Apresentação dos resultados do I PRÊMIO NACIONAL EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO Março – 2018




Neste prêmio, todos somos vencedores!

Há sempre um forte desejo de aprimorar o trabalho da revista Educação Ambiental em Ação. É o que sentem os editores e os membros da equipe da revista, e foi pensando em inovar, levando em conta a bagagem de 15 anos de publicação, que os editores resolveram comemorar criando o I PRÊMIO NACIONAL EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO.

As conversas sobre o prêmio se iniciaram nas reuniões on-line de sábados ou domingos, em meados do mês de maio de 2017. Foram muitos os assuntos discutidos, entre eles, a formatação do prêmio (regulamento, sistema para recebimento de projetos, como pagaríamos os custos e os prêmios destinados aos destaques - se patrocínio ou cobrança de taxa de inscrição - nome, logomarca, divulgação, datas, etc.) e foi lançado no mês de agosto do mesmo ano.

Esta experiência proporcionou muitos aprendizados, em diferentes aspectos, desde detalhes técnicos, até sobre quem temos como parceiros, que acreditam na revista e torcem por ela!

Sobre a taxa de inscrição - Como se optou por não buscar patrocínio, devido à burocracia que envolve, e por esta revista ser um trabalho desenvolvido de forma inédita, pelo ambiente virtual, decidiu-se cobrar uma taxa de inscrição para cada projeto inscrito – como ocorre com submissões de artigos para publicação - desde 2015, pois isto nos permite continuar a desenvolver este trabalho. Porém, esta taxa causou espanto - e até indignação - por parte de algumas pessoas que não conhecem o trabalho da revista, e não sabem que são os editores que mantém a publicação com recursos próprios, não contando com apoio financeiro institucional. Sem a cobrança da taxa, este prêmio seria inviabilizado.

Sobre a divulgação – As principais fontes de divulgação foram as redes sociais e alguns sites educacionais. Foi criada uma página do prêmio no Facebook e nela foram compartilhadas chamadas, dicas, vídeos, esclarecendo formas de participação. Foram muitas as pessoas e algumas instituições que nos auxiliaram nesta divulgação, que estão listadas no final deste texto, com os nossos mais sinceros agradecimentos!

Sobre o regulamento – No regulamento foram detalhados os critérios para a participação do prêmio, bem como orientações de como acessar o sistema para inscrever projetos. Tendo em vista a revista contar com o sistema de submissão de artigos para suas publicações trimestrais, alguns projetos inscritos foram enviados em forma de artigo, por basearem nas normas de publicação (no periódico), e outros seguiram o roteiro descrito no regulamento. Por esta razão, os projetos apresentados trazem duas formatações diferentes, uma vez que ambos contemplam os requisitos científicos que garantem um trabalho sério, de qualidade e que envolve teoria e prática de Educação Ambiental. A flexibilidade sempre foi uma marca da revista e é esta flexibilidade que colabora com o enriquecimento da publicação.

Sobre edição especial do prêmio, prevista no regulamento – Além de todo trabalho extra que envolveu a realização deste prêmio, tivemos uma situação em que a revista teve que ser migrada devido a um problema ocorrido com o antigo provedor, que nos deixou fora do ar por três semanas (entre janeiro e fevereiro de 2018) e todos os arquivos da revista (conteúdo de 15 anos e todo o sistema de submissão de artigos) tiveram que ser realocados em outro provedor. Por esta razão, ao invés de publicar uma edição especial do prêmio, em fevereiro, conforme previsto no regulamento, os trabalhos inscritos que atenderam as normas, e os destaques tiveram que ser apresentados em seção especial, nesta edição 63, de março de 2018.

Sobre o envio dos prêmios e publicação do E-book com destaques – O “kit” de premiação, composto por 5 cadernos grandes, 3 livros, uma agenda ecológica e sementes, será enviado aos 20 projetos destaques, dias após a publicação dos resultados. Os 20 trabalhos destaques serão, também, publicados em um E-Book a ser lançado a partir de abril de 2018, e não mais em março, pelos problemas ocorridos com o site da revista, que atingiu todo cronograma previsto.

Sobre os resultados - Este prêmio foi um grande e rico aprendizado para todos nós. Cada leitura promoveu uma visita virtual ao mundo daquele projeto, possibilitando uma vivência perceptiva. Cada projeto foi avaliado na perspectiva de como seria cada momento da sua aplicação. Então, nesta viagem, foi possível avaliar e sentir profunda gratidão por termos em mãos verdadeiros tesouros. Alguns envolvendo muitas pessoas, outros grupos menores - mas nem por isto deixam de se destacar, considerando-se a criatividade da proposta aplicada. Muitos trabalhos foram muito bons, outros bons. Foi possível perceber o empenho coletivo no desenvolvimento de diferentes metodologias para a aplicação da Educação Ambiental, nos mais diversos contextos. A revista, como um ente provocador de transformações, sente-se reconfortada por fazer parte desta rede de educadores, pescadores de emoções, e por trazer à tona tão ricas experiências que contribuem para o desenvolvimento da Educação Ambiental como prática pedagógica relevante e fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade mais consciente e responsável, vislumbrando a sustentabilidade planetária.

Embora tenhamos muito a ajustar para as próximas edições do prêmio, alcançamos os objetivos de dar visibilidade a ações práticas de Educação Ambiental que contribuem, de forma relevante, para melhorar a qualidade da Educação Ambiental brasileira.

Portanto, os projetos destaques e os selecionados, que estão apresentados nesta edição, muito contribuirão para o enriquecimento de práticas de Educação Ambiental desenvolvidas em diferentes espaços.

Embora seja difícil calcular, com exatidão, o número de envolvidos nas atividades de Educação Ambiental que emergiram neste prêmio, os dados apresentados indicam que mais 150.000 pessoas foram diretamente impactadas pelas atividades relatadas.

A maioria dos trabalhos são oriundos do Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro. Participaram, também, pessoas e instituições do Maranhão, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Norte.

É, pois, com muita alegria e satisfação que apresentamos os projetos Destaques e os Selecionados no I PRÊMIO NACIONAL EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO, que estarão disponíveis, na íntegra, nas suas respectivas seções. São eles:

DESTAQUES

INSTITUTO FELINOS DO AGUAÍ - PESQUISANDO PARA EDUCAR

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E EDUCAÇÃO INFANTIL: DIALOGANDO COM AS CRIANÇAS SOBRE OS IMPACTOS AMBIENTAIS DO CONSUMISMO

EDUCAÇÃO AMBIENTAL AO AR LIVRE: UM OLHAR SOBRE O SLACKLINE

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: AÇÕES DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA  NA CONSTRUÇÃO DE UMA ESTUFA ECOLÓGICA

COLETA SELETIVA E ESCOLAS MUNICIPAIS: UMA PARCERIA POSSÍVEL ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E AGROTÓXICOS: UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA NO ENSINO DE BIOLOGIA

CONCEPÇÕES E SENSIBILIZAÇÕES DE ACADÊMICOS DE UMA UNIVERSIDADE FEDERAL SOBRE A FRAGILIDADE DE UM CÓRREGO EM ÁREA DE ECÓTONO

PROMOVENDO A SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL EM ATIVIDADES EXTENSIONISTAS NA ESCOLA ESTADUAL INDÍGENA GATÉN, EM LAJEADO/RS, BRASIL

ANÁLISE DA APLICAÇÃO DE UM RECURSO EDUCACIONAL SOBRE A PEGADA ECOLÓGICA DO LIXO NA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ARTE: UM OLHAR SOBRE A REALIDADE ESCOLAR E SUAS POSSIBILIDADES

CONSERVAÇÃO DE SOLOS: SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL DE ALUNOS DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA DE CAMPOS DE GOYTACAZES, RJ

CARTOGRAFIA SOCIAL E SANEAMENTO AMBIENTAL EM OLHOS D’ÁGUA -TAQUARA/RS

PROJETO JARDIM VERTICAL – UMA ARTICULAÇÃO ESCOLA-COMUNIDADE PROTAGONIZADA PELOS ESTUDANTES

A PRÁTICA DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DESENVOLVIDA PELO PROGRAMA A ESCOLA VAI A MATA

A FARMÁCIA SOLIDÁRIA COMO ESTRATÉGIA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO CURSO DE FARMÁCIA

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO POLÍTICA DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL: EXEMPLO DO SUCESSO NOS 23 ANOS DE COLETA SELETIVA DE PORTA EM PORTA

JOVENS MAPEADORES NA REDUÇÃO DE

RISCOS DE DESASTRES AMBIENTAIS

JORNADA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO COLÉGIO ESTADUAL DOUTOR JOÃO MAIA: UMA CONSTRUÇÃO COLETIVA

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: COLETA SELETIVA, RECICLAGEM E REAPROVEITAMENTO DO ÓLEO DE COZINHA REALIZADO NOC. E. NASCIMENTO DE MORAIS, MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ-MA

POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA, BRINCANDO E APRENDENDO – UMA ESTRATÉGIA EDUCATIVA



SELECIONADOS PARA PUBLICAÇÃO

BRINCANDO COM OS 4 ELEMENTOS DA NATUREZA: ÁGUA, FOGO, TERRA E AR

PROFESSORES DE CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO AMBIENTAL E OS MORCEGOS: POR ENTRE CONCEPÇÕES E SENSIBILIZAÇÕES

PROJETO: “ADOTE UMA ESCOLA”

TRIBOS EM CENA: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COM ATITUDE

MOBILIZAÇÃO SOCIOAMBIENTAL EM PROL DA EVOLUÇÃO DA SOCIEDADE

PERCEPÇÃO DOS ÍNDIOS DE UMA ALDEIA DA ETNIA TERENA SOBRE A BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO JOÃO DIAS, AQUIDAUANA, MATO GROSSO DO SUL: RESGATE DA CULTURA POR MEIO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

A RELAÇÃO ENTRE A ESCOLA E ATITUDES VOLTADAS À SUSTENTABILIDADE: A NECESSIDADE DE PRIORIZAR A EDUCAÇÃO AMBIENTAL

A realização deste prêmio, sem dúvida, oportunizará o enriquecimento e a disseminação de práticas de Educação Ambiental, tão necessárias e tão fundamentais para que possamos nos educar ambientalmente.

PARABÉNS!

Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos”. Eduardo Galeano

Por fim, só temos a agradecer a todos que participaram deste evento e a todas as pessoas que nos auxiliaram, de uma forma ou de outra, principalmente na divulgação deste evento, muito obrigada!

Editores da revista Educação Ambiental em Ação

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS

Jornais e Instituições:



Infoescola

Dário de Canoas

Passeduc

Rede de Educação Ambiental da Zona Oeste do RJ - Reazo/RJ

Rede Materiais de EA

Blog Logística Reversa e Sustentabilidade

Projeto Saci

Ecoletivo Ambiental

Recriar.com.você

Natureza e Paz

Plurale.com.br



Pessoas parceiras:



Rosi Cheque

André Gonçalves Dias

Sueli Cabral

Adriana Backes

SucenaShkradaResk

Zen Nunes

Paulo Guarani Kaiowa

Professor Jakson Muller

Prissilla Audrey Hein

Liana Márcia Justen

Ricardo Machado

Denise De Mattos Gaudard

Elizabeth Paula Lima

José Matarezi

Eliane Isabel Barth

M. Regina Candido

Carlos Eduardo

Dilma Maria Conceição

Maremar Moreira Melo

Katia Müller

Ana Maria

Francisco Alves Dos Reis

Claudia Limongi

Sabrina Guarani-Kaiowá Amaral

Ricardo Graziano da Silva

Isabel Selbach

Jaime Wanner

Ana Clarice D' Oliveira

Vilma Lobo Abreu

Sergio Oliveira

HoeslenMauzer

Leonardo Stahnke

Lisiane Ilha Librelotto

Pedro Adams

Jaqueline Staudt

Leda Mendes

Fernando J. Soares

Eliana Gomes Alixandria

Jacqueline Guerreiro

Maxwel Amorim

ProfesKarlan

Naty Cabrera

Dayane Maravalho

Maria Serrano Beltran

Maria Elena Olivares

Diva Pereira

Edson Silva

Rage Maluf

Paula Rocha Salles

Rosana Gonçalves

Rosiméri Garcia Carvalho

Isis Rodrigues Carvalho

Bárbara Ramos

Rômulo César de Almeida

Patrícia Libano

Dayane Maravalho

Liti Belinha Rheinheimer

Luiza Salustiano

Adriana Marques

Saula Rodrigues Borges Filipim

Tomaz Wonghon

Eliane Do Rocio Vieira

Jane Davila

RogeryoLeao

Sonia Ritter

Chris De Azevedo Ramil

Marli Borsoi

Liliana Maria Orsini Silva

Carola Thamm 

Mirela Eduardo

Eliane Do Rocio Vieira

Ana Oliveira

Luiz Castilho Pinto





I PRÊMIO NACIONAL EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM AÇÃO

Neste prêmio, todos somos vencedores!



Revista Educação Ambiental em Ação

Berenice Adams, Julio Trevisan e Sandra Barbosa

www.revistaea.org



" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">
 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Fazer doação      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Resultado do prêmio     Prêmio: Destaques     Prêmio: Selecionados     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Entrevistas     Culinária     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     Sugestões bibliográficas     Educação     Plantas medicinais     Práticas de Educação Ambiental     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Gestão Ambiental     Cidadania Ambiental     Relatos de Experiências     Notícias