ISSN 1678-0701
Número 68, Ano XVIII.
Junho-Agosto/2019.
Números  
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Para sensibilizar     Dinâmicas e recursos pedagógicos     Entrevistas     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     Sugestões bibliográficas     Educação     Você sabia que...     Plantas medicinais     Folclore     Práticas de Educação Ambiental     Sementes     Ações e projetos inspiradores     Gestão Ambiental     Cidadania Ambiental     Relatos de Experiências     Notícias
 
Artigos

No. 68 - 11/06/2019
ASSOCIAÇÃO ENTRE FATORES SÓCIO-DEMOGRÁFICOS E A PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA RECREACIONAL AO AR LIVRE, EM BELÉM (PA)  
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=3668 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

ASSOCIAÇÃO ENTRE FATORES SÓCIO-DEMOGRÁFICOS E A PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA RECREACIONAL AO AR LIVRE, EM BELÉM (PA)



Daniele Magalhães Souza1, Alini Vanessa Teixeira da Silva2, Carmen Françuasy Martins Nascimento3, Max José de Aviz Miranda4; Biatriz Araújo Cardoso5; George Alberto da Silva Dias6, Moisés Costa da Silva7; Josiana Kely Rodrigues Moreira da Silva8



1Profissional de Educação Física; Faculdade Integrada da Amazônia (FINAMA). Email: danielem.souza14@gmail.com

2Profissional de Educação Física; Centro Universitário Metropolitano da Amazônia (UNIFAMAZ). Email: alinivts@hotmail.com

3Discente em Educação Física, Centro Universitário Metropolitano da Amazônia (UNIFAMAZ). Email:francuasycarmen@gmail.com

4Profissional de Educação Física, Mestrando em Ensino em Saúde na Amazônia, Universidade do Estado do Pará (UEPA). Email: maxx_bel@hotmail.com

5Fisioterapeuta, Doutora em Ciências em Medicina Tropical, Universidade do Estado do Pará (UEPA). Email: biatrizac@yahoo.com.br

6Fisioterapeuta, Doutor em Doenças Tropicais; Universidade do Estado do Pará (UEPA). Email: georgealbertodias@yahoo.com.br

7Profissional de Educação Física; Mestrando em Ensino em Saúde; Faculdade Conhecimento e Ciência (FCC). Email: profmoisessilva@hotmail.com

8Profissional de Educação Física; Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente Urbano; Faculdade Conhecimento e Ciência (FCC). Email: josikely@hotmail.com



Resumo

As atividades físicas podem ser realizadas em diversos tipos de ambientes, os parques e praças públicas são exemplos de espaços que apresentam condições ambientais para a prática, contribuindo na prevenção e promoção de saúde. Assim sendo, este trabalho tem por objetivo relacionar o perfil sócio demográfico com a pratica de atividade física recreacional ao ar livre, em Belém (Pa). Trata-se de um estudo observacional, descritivo e analítico do tipo transversal, amostragem não probabilística por conveniência, composta por indivíduos de ambos os gêneros, na Praça Batista Campos e na Praça Brasil, através de entrevista estruturada. Todos os resultados foram considerados estatisticamente significativos no nível de significância de 5% (p≤0,05) no qual foram avaliados 99 indivíduos, sendo 49,5% foram da Praça Brasil, em que 46,9% são solteiros, 55,1% com ensino médio, 51,0% recusaram a informar a renda familiar e 79,6% não faziam uso de cigarros na Praça Brasil, na Praça Batista Campos 48,0% são solteiros, 52,0% com ensino médio, 46,0% tem de 1 a 2 salários mínimos mensais e 84,0% não fazem uso de cigarros. Conclui-se que em ambas as praças os praticantes de exercício físico são solteiros, possuem escolaridade de ensino médio, não fazem uso de cigarro e em especial na Praça Batista Campos a renda familiar é de 1 a 2 salários mínimos. Esses achados podem sugerir políticas públicas eficazes de incentivo a atividade física em diferentes espaços públicos em Belém (Pa).



Abstract:

Physical activities can be performed in different types of environments, parks and public squares are examples of spaces that present environmental conditions for the practice, contributing to prevention and health promotion. Therefore, this study aims to relate the socio-demographic profile with the practice of outdoor recreational physical activity, in Belém (Pa). It is an observational, descriptive and analytical cross-sectional study, non-probabilistic sampling for convenience, composed of individuals of both genders, in Squares Batista Campos and Squares Brasil, through a structured interview. All the results were considered statistically significant at the significance level of 5% (p≤0.05) in which 99 individuals were evaluated, 49.5% of which were from Praça Brasil, where 46.9% were single, 55.1 % with high school education, 51.0% refused to report family income, and 79.6% did not use cigarettes in Squares Brasil, in Squares Batista Campos, 48.0% were single, 52.0% 0% have 1 to 2 monthly minimum wages and 84% do not use cigarettes. It is concluded that in both squares the practitioners of physical exercise are single, have high school education, do not use cigarettes and especially in Squares Batista Campos family income is 1 to 2 minimum wages. These findings may suggest effective public policies to encourage physical activity in different public spaces in Belém (Pa)



INTRODUÇÃO



A disseminação de informações a respeito de saúde e qualidade de vida tem levado a uma crescente busca pelas práticas de atividades físicas, podendo resultar em um estilo de vida saudável e o oferecimento de subsídios para prevenção no desenvolvimento de diversas doenças, como hipertensão arterial, diabetes melitus, osteoporose, câncer, dentre outras (SANTOS; KNIJNIK, 2006).

As atividades físicas podem ser realizadas em diversos tipos de ambientes, não necessariamente em locais específicos para tal prática, como em academias ou clubes esportivos, e ultimamente a grande busca vem sendo em ambientes livres, abertos e públicos, fato que favorece a população em geral, por sua acessibilidade, principalmente econômica (COLLET et al., 2008).

O crescimento das concentrações urbanas e a diminuição de espaços livres, criam cenários que predeterminam um estilo de vida inativo, além de manter ambientes naturais como um grande desafio às grandes cidades (COLLET et al., 2008).

Os parques e praças públicas são exemplos de espaços que apresentam condições ambientais de áreas verdes, arborizadas e urbanizadas para a prática de atividade física e socialização da comunidade, contribuindo na prevenção e promoção de saúde (SZEREMETA; ZANNIN, 2013).

Assim sendo, este trabalho tem por objetivo relacionar o perfil sócio demográfico com a prática de atividade física recreacional ao ar livre, em Belém (Pa).



METODOLOGIA



Trata-se de um estudo observacional, descritivo e analítico do tipo transversal, amostragem não probabilística por conveniência, composta por indivíduos de ambos os gêneros, com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 60 anos.

De acordo com Brevidelli e Domenico (2006) o estudo transversal descreve fenômenos já existentes, determina a frequência com que tais acontecimentos ocorrem para categorizá-las, afim de buscar informações apuradas a respeito de sujeitos, grupos, instituições ou situações, e evidenciar um perfil.

O projeto foi submetido, analisado e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Faculdade Metropolitana da Amazônia (FAMAZ), respeitando os princípios e diretrizes da resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012 do Conselho Nacional de Saúde. Após aprovação do CEP, através do CAAE n° 78636717.8.0000.5701, todos os participantes da pesquisa assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) no qual constavam todas as informações necessárias referentes a pesquisa, estando em linguagem acessível.

COLETA E ANÁLISE DE DADOS

A coleta foi realizada em Belém do Pará, na Praça Batista Campos (PBC) Figura 1 e na Praça Brasil (PB) Figura 2, no período de dezembro de 2017 a janeiro de 2018, através de entrevista estruturada, com perguntas fechadas, alternativas “sim” e “não”, e alternativas qualitativas, contendo dados pessoais, informações sobre tabagismo, ingestão de bebidas alcoólicas, atividade física e características sócio demográficas.



Figura 1 - Praça Batista Campos, Belém, PA

Fonte: Brasil (2017)

Figura 2 - Praça Brasil, Belém, PA