ISSN 1678-0701
Número 72, Ano XIX.
Setembro-Novembro/2020.
Números  
Início      Cadastre-se!      Procurar      Área de autores      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Notícias     Dicas e Curiosidades     Para sensibilizar     Entrevistas     Saber do Fazer     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Educação     Sementes     Ações e projetos inspiradores     Gestão Ambiental     Cidadania Ambiental     O Eco das Vozes     Relatos de Experiências
 
Ações e projetos inspiradores

No. 72 - 03/09/2020
DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ AO URUGUAI: MATHIAS IRÁ LIMPAR AS PRAIAS  
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=3989 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ AO URUGUAI: MATHIAS IRÁ LIMPAR AS PRAIAS



Por Bruna Zoz



Essa é a história de Mathías Ferreira Alvez que, desde o dia 1º de agosto, dedica-se à limpeza das praias do litoral do Atlântico Sul. Preocupado com a quantidade de lixo encontrado nas praias e o impacto nos oceanos, o uruguaio de 23 anos tem como objetivo recolher os resíduos deixados nas areias de Balneário Camboriú até o Uruguai. 2000 km e 105 praias. Tudo isso a pé. A jornada é longa e árdua, mas se faz necessária.

A ideia

Quando Mathias trabalhava na Praia do Pinho, em Santa Catarina, começou a encontrar animais mortos na areia e percebeu que haviam morrido por conta da ingestão acidental de plástico. Material que chegou aos animais marinhos por conta do descarte incorreto do lixo de pessoas que frequentam praias. Assim, começou a limpar as praias que frequentava e encaminhar os resíduos para reciclagem a fim de mostrar às pessoas a necessidade de protegermos nossa natureza e ecossistemas.

Ao questionarmos sobre onde ele iria dormir e como iria se alimentar durante a caminhada, Mathias respondeu que dormirá onde der e comerá o que tiver. E que conta com o coração bom do brasileiro e que, se for preciso, irá dormir na areia mesmo. Isso que é determinação!

Apoio da ROUTE

Fomos ao encontro de Mathias na Praia do Silveira, em Garopaba, para ajudá-lo a limpar esse recanto catarinense. Aproveitamos para entregá-lo nossas sacolas biodegradáveis e luvas para ele efetuar a coleta com segurança.

Entretanto nosso maior objetivo no encontro com Mathias era dar voz e visibilidade a esse projeto. Afinal, a gente acredita que é através do incentivo e apoio à iniciativas como essa que iremos proteger nossa Santa Natureza e melhorar a qualidade de vida tanto das espécies marinhas como a nossa.

Até agora, Mathias já limpou as praias Balneário Camboriú, Guarda do Embaú e Praia do Sonho e agora segue rumo ao Uruguai. Durante o trajeto, agradáveis surpresas. Como o encontro com Marina, gaúcha que morou na Austrália e desde pequena realiza ações de limpeza nas praias por influência do pai.



O momento de mudar é agora!

Você deve estar se perguntando: por que Mathias está usando uma máscara utilizada na Segunda Guerra Mundial? Ao ser questionado sobre isso, respondeu que a máscara de gás é um símbolo para mostrar ao povo que o plástico é algo tóxico não só para os oceanos, mas para nós também.

Re-evolução ambiental, por Mathias Ferreira

Somos a criação perfeita da natureza, e a semelhança dela. Ao mesmo tempo, hoje somos o pior erro entre os animais, destruindo-a. Está na hora de acordar para a realidade e ser grato pelos dias de vida que ela nos proporciona com as suas belas paisagens, além de disponibilizar tudo o que precisamos para sobreviver.

É necessário re-evoluir e ter consciência para preservarmos as praias, os mares, e os rios. Precisamos agir antes da Babilônia cair. Não temos outro lugar para ir e não temos tempo de mudar a história apenas falando. Temos que fazer acontecer agora. Temos que atuar em união, compartilhando os mesmos ideais para a cura da nossa natureza. Concordando uma ideia só de um novo estilo de vida, o ser humano conseguirá se salvar.

É hora de fazer acontecer, e não ficar apenas olhando. É hora de agir e colaborar com a natureza que nós estamos matando aos poucos. Evoluímos negativamente até o ponto que se não atuarmos, em breve caminharemos nas costas das praias sobre o lixo.

Há reservas de água doce contaminadas e oceanos cheios de microplástico. O Brasil desperdiça 40% da sua água potável. Esse é apenas um dos números provocados por uma superpopulação inconsciente, onde só se consome exageradamente e se descarta inadequadamente, poluindo e destruindo tudo o que a Terra nos deu.

Então eu pergunto a vocês: o que estamos fazendo? Não seria melhor respeitar e preservar o planeta e ter ela presente no dia a dia nos dando oxigênio e um lugar onde viver? Acorda! Faça a mudança para que nós e os próximos que virão não morram em cima do seu próprio lixo.”

Se você tem interesse em acompanhar Mathias nessa jornada, você pode entrar em contato através do Instagram @slonclothing.br ou chamando-o no Whatsapp (+55 47 99243-3413).





Fonte: https://bitlybr.com/dhNN8T2K

ROUTE Brasil



" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">
 
  Início      Cadastre-se!      Procurar      Área de autores      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Notícias     Dicas e Curiosidades     Para sensibilizar     Entrevistas     Saber do Fazer     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Educação     Sementes     Ações e projetos inspiradores     Gestão Ambiental     Cidadania Ambiental     O Eco das Vozes     Relatos de Experiências