ISSN 1678-0701
Número 67, Ano XVII.
Março-Maio/2019.
Números  
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Fazer doação      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas e recursos pedagógicos     Entrevistas     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Plantas medicinais     Práticas de Educação Ambiental     Uma crônica, um artigo e algumas histórias!     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Gestão Ambiental     Cidadania Ambiental     Relatos de Experiências     Notícias
Artigos

13/03/2019AVIFAUNA DO PARQUE DA RUA DO PORTO, PIRACICABA-SP, COMO FERRAMENTA PARA ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL  
Link permanente: http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=3593 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

AVIFAUNA DO PARQUE DA RUA DO PORTO, PIRACICABA-SP, COMO FERRAMENTA PARA ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Liliane Cristina Trevisan1, Maria Eliana C. Navega-Gonçalves2, Elizabeth da Silveira Nunes Salles3



1Graduada em Ciências Biológicas - Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Metodista de Piracicaba, São Paulo (lictrevisan@gmail.com).

2Faculdade de Ciências e Saúde, Universidade Metodista de Piracicaba, São Paulo (eliana.navega@gmail.com).

3Especialista em Educação Ambiental e Práticas Educacionais pela Universidade Estadual Paulista, São Paulo (bettynunes@gmail.com).



Resumo

Este estudo realizou um levantamento preliminar das espécies de aves do Parque da Rua do Porto, em conjunto com a elaboração de propostas de atividades de Educação Ambiental, envolvendo a avifauna local. Dentre as sete propostas de atividades para serem realizadas no interior do parque estão: um espaço interativo sobre as aves e o uso do parque, intitulado Ninho do saber; um guia ilustrado das aves catalogadas; informações e incentivo à prática da observação de aves no local; oficinas participativas abordando a temática das aves e suas interações com o ambiente e a população. O Parque da Rua Porto possibilita a inserção de atividades de Educação Ambiental no local, devido à estrutura física que já possui para a recepção de visitantes, turistas, escolas e a população em geral. Os resultados obtidos mostram-se como uma ferramenta educativa importante, que alia informações sobre a diversidade da avifauna local com o papel deste espaço como refúgio para as aves urbanas, devido aos recursos que disponibiliza. Visto isso, as propostas geradas de Educação Ambiental no parque, em relação às aves presentes, tornam-se aplicáveis e de grande valia para a promoção da divulgação da ciência em conjunto com atividades de turismo e preservação do parque e sua avifauna.

Palavras chaves: aves urbanas, birdwatching, ecoturismo.

Abstract

This study carried out a preliminary survey of the bird species of Porto street Park, together with the elaboration of proposals for Environmental Education activities, involving the local birdlife. Among the seven proposals of activities to be carried out inside the park we have: an interactive space about the birds and the use of the park, entitled “Ninho do Saber” an illustrated guide to cataloged the birds; information and encouragement of on-site bird watching; participatory workshops addressing the issue of birds and their interactions with the environment and population. The Porto Street Park allows the inclusion of Environmental Education activities in the place, due to the physical structure that already has for the reception of visitors, tourists, schools and the population in general. The results obtained proved an important educational tool that combines information on the diversity of the local birdlife with the role of this space as a refuge for urban birds, due to the resources it offers. Given this, the proposals generated Environmental Education in the park, in relation to the birds, it became applicable and of great value for the promotion of the dissemination of science in conjunction with tourism activities and preservation of the park and its birdlife.

Key words: urban birds, birdwatching, ecotourism.

INTRODUÇÃO

A beleza, diversidade e valor ecológico das aves possibilitam o uso destas como ferramenta educativa em ações de educação ambiental, de forma a estimular práticas de conservação da natureza por intermédio da observação e estudo da biologia das aves (COSTA; NASCIMENTO, 2002; DEVELEY; ENDRIGO, 2011).

A educação ambiental está diretamente associada com a busca do homem por uma relação harmônica com o meio ambiente, sendo este natural ou artificial, por meio da apropriação de conhecimentos sobre o ambiente em seu entorno a fim de transformá-lo (MERGULHÃO, 1998). Na busca dessa integração, as populações urbanas aspiram cada vez mais uma aproximação com espaços de área verde em meio à malha urbana e, uma possibilidade dessa interação, é a visita e o uso dos parques urbanos (MERGULHÃO, 1997).

Em Piracicaba, município do estado de São Paulo, existem vários parques urbanos arborizados de uso público, destacando-se o Parque da Rua do Porto “João Herrmann Neto” que possui em sua composição um parque infantil, uma estrutura em formato de arena, banheiros, bebedouros, equipamentos para atividades motoras, pista de caminhada e um lago central, de acordo com a Secretaria Municipal de Turismo de Piracicaba (SETUR, 2016), que atualmente, denomina-se Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo (SEMACTUR).

O Parque da Rua do Porto, que já é utilizado há tempos para práticas esportivas como remo, canoagem, corridas, caminhadas, ações culturais e lazer da população, vem sendo visitado por escolas da cidade e região para atividades de educação ambiental. Algumas dessas atividades são realizadas por meio da equipe do Núcleo de Educação Ambiental (NEA), da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba (SEDEMA). O parque conta com materiais de orientação, uma placa com mapa na entrada do parque e um folder para realização de uma trilha auto interpretativa denominada “Trilha no Parque”, onde estão descritas as principais espécies arbóreas, acompanhado de sua ficha técnica, foto e algumas poucas descrições de interação entre as árvores e as espécies de aves facilmente observadas ali (SEDEMA, 2016).

A vegetação característica do parque e o lago central, bem como a sua proximidade com fragmentos de mata, como o da Chácara Nazareth, do Engenho Central, da Área de lazer e da mata ciliar do rio Piracicaba, são elementos atrativos para as aves, que frequentam o parque em busca dos recursos oferecidos tais como: alimento, água e locais para nidificação; sendo possível avistar em um curto período de permanência diversas espécies de aves.

Segundo Argel-de-Oliveira (1996) as aves urbanas, por despertarem interesse e empatia, são um tema adequado para o trabalho em Educação Ambiental, além de estarem presentes no próprio ambiente em que os alunos vivem. Estudos que se utilizam das aves como ferramentas para Educação Ambiental foram realizados por Costa (2007), Fieker et al. (2011), Santos e Praça (2015), Tomazelli e Franz (2017) entre outros.

Dessa forma, pelo potencial de atração de aves e espaço educador que vem a ser o Parque da Rua do Porto, um guia ilustrado das aves do parque, bem como demais informações sobre as espécies ali presentes e sugestões de como e onde observá-las, representariam materiais de apoio aos frequentadores, turistas e principalmente às escolas e instituições, que se utilizam desse espaço para atividades educativas.

Em vista disso, este estudo teve como objetivo principal realizar um levantamento das espécies de aves do Parque da Rua do Porto, com o intuito de gerar propostas de atividades de Educação Ambiental, para serem desenvolvidas no local.

MATERIAL E MÉTODOS

Área de estudo

O estudo foi realizado no Parque da Rua do Porto “João Herrmann Neto” situado no bairro Chácara Nazareth, na área urbana do município de Piracicaba - SP interior paulista, estando a uma latitude 22°43’35.86”S e longitude de 47°39’32.32” (GOOGLE MAPS, 2016). Estende-se numa região parcialmente plana de 250 mil m², tratando-se de um vale do Rio Piracicaba, configurando uma região de várzea que é ocupada pelas águas do rio em períodos de cheia e transbordamentos (IPPLAP, 2011) (Figura 1).

Figura 1 - Área do Parque da Rua do Porto (Fonte: Modificada de Google Maps disponível em: https://goo.gl/9MdpqV).

O Parque da Rua do Porto tem ainda, como características, além da proximidade com o Rio Piracicaba, espaços em seu entorno que contribuem para a atração de aves, como as matas ciliares presentes ao longo da Rua do Porto, do Engenho Central, da Área de Lazer do Trabalhador e o fragmento de mata da Chácara Nazareth, próximo à prefeitura.

O fragmento de mata ciliar da Chácara Nazareth pode ser avistado do parque, formando um maciço de árvores preservadas. Desde a década de 50, é corrente a informação da existência de um rico pomar no local, fato esse, que sempre despertou a atenção da vizinhança, pelas frutas que possuía como: manga, jabuticaba, laranja, limão, caju, romã, abacate entre outras (ELIAS, 2014).

O parque tem por elemento central um lago de 28.439 m2 de área conforme mostra a figura 2 sendo este, muito utilizado para treinos de remo e canoagem da Associação de Canoagem de Piracicaba - ASCAPI (IPPLAP, 2011).

Em sua estrutura geral para o lazer, dispõe de uma pista de caminhada demarcada de 2 km de extensão, rodeadas por diversas espécies arbóreas introduzidas no local no momento de sua implantação, possuindo no decorrer da pista, bebedouros e bancos. Além disso, possui também quiosques, uma academia ao ar livre, playground, um teatro em formato de arena, uma guarita da guarda civil e sanitários masculino e feminino (SOUZA, 2016).